Nuno Baltazar cria coleção inspirada na sétima arte e na celebração do feminino.

"Le Mépris" de Godard e pela sua personagem principal, representada por Brigitte Bardot, foram as principais inpirações

No seu regresso ao Portugal Fashion, Nuno Baltazar apresentou as suas propostas para a primavera/verão 2015 com uma coleção inspirada na sétima arte e na celebração do feminino. O criador português deixou-se influênciar pelo cinema francês, em especial pelo filme "Le Mepris" de Godard e pela sua personagem principal, representada por Brigitte Bardot. Se os primeiros coordenados não remetem imediatamente para o cinema, este é  sugerido pelos cabelos das modelos, ao estilo da icónica estrela dos anos 60.

A coleção representa para Nuno Baltazar um regresso e esta viagem no tempo ao cinema de autor, por oposição à indústria de Hollywood, é um paralelismo com o seu próprio percurso. Desta forma, estão presentes referências a antigos cenários, como o verão mediterrânico, e mitologia clássica, coordenadas com referências a colecções anteriores do criador.

As propostas do próximo verão têm como ponto de partida uma mulher simultaneamente forte, sedutora, frágil e emocional, que se traduz em silhuetas helénicas sofisticadas, volumes nos ombros e drapeados. Os materiais escolhidos foram as telas de viscose, cupro e seda natural, com acabamentos metalizados em foild e lurex. No que respeita à paleta de cores, estão presentes o preto e branco, o verde floresta, o vermelho e o rosa blush. Os acessórios tiveram também um grande destaque, como os stilettos em pele, os óculos de sol redondos e os colares.

artigo do parceiro:

Comentários