O par de jeans ideal

Não há mulher que passe sem as suas calças de ganga. São assumidamente a peça mais versátil do guarda-roupa. Descubra quais são as que melhor assentam na sua silhueta

Patenteadas por Levi Strauss, em 1873, as calças de ganga foram usadas por mineiros, cowboys e adolescentes rebeldes antes de, na década de 1980, se tornarem objetos de design. Hoje, são uma peça imprescindível, a que ninguém resiste. «O guarda-roupa de qualquer mulher deve ter, pelo menos, três pares de lavagens e modelos diferentes», indica a consultora de imagem Helena Antunes.

«Os modelos ideais para qualquer mulher são o corte direito que se ajusta à perna sem marcar demasiado e o bootcut, que vai alargando ligeiramente a partir do joelho», sublinha a especialista. Deve-se também ter «um modelo tendência, mais moderno, para sair à noite», sugere ainda. Conheça as principais tendências no que se refere a modelos e cortes e descubra como deve (ou não) usá-las.

Flare ou pantalonas

«Inspiradas nos anos 70, não são muito justas em cima, começam a alargar mais na zona do joelho e descem ainda mais largas até taparem o comprimento do pé, para um visual new hippie», descreve Helena Antunes. Use-as se tem a anca larga, para alongar as pernas e/ou se tem poucas curvas, para dar a ilusão de um corpo mais curvilíneo. Combine-as com camisas, blusas ou malhas e salto alto, para alongar ainda mais
a silhueta.

Slim e skinny

Segundo a consultora de imagem, os modelos «com stretch (tecido elástico) e um visual de couro envelhecido, tipo vintage, ficam muito bem combinados com pelo». Use-as se é magra e/ou se tem estatura alta ou baixa. Combine com salto alto, se é baixa.

Cenoura

«Este modelo dá volume, pelo que as cores escuras são ideais. Só as mulheres magras devem usar estampados», aconselha Helena Antunes. Use-as apenas se tem estatura média ou alta e/ou anca estreita e se não tem peso a mais. Combine-as com peças justas em cima (por exemplo, camisa ou blusa por dentro da calça) e com salto alto.

Drop-crotch e sarouel

Existem em cores variadas, desde os tons neutros ao verde musgo aos tons de cinza, ao preto, ao azul, ao índigo e ao camel. Helena Antunes explica que estes jeans «são muito confortáveis e transmitem ousadia, é preciso ter um estilo cool para usá-los. É uma opção descontraída, mas que dá mais volume, pelo que é necessário ser magra», alerta.

Use-as se não tem peso a mais e ou/ se tem estatura média ou alta, já que o gancho rebaixado diminui a altura das pernas. Combine-as com camisolas justas e simples (o foco de atenção são as calças)e acessórios, como colares longos e chapéus.

Cargo ou carpenter

Inspiradas nos cowboys, no grunge e no workwear, remetem-nos para um espírito de liberdade. Use-as se não tem a anca muito larga e combine com salto alto e uma camisola ou blusa com pouco volume e corte cintado.

Veja na página seguinte: Os fatores a ter em conta antes de comprar umas jeans novas

Comentários