As luvas que estão na moda

Este frio pede mesmo umas mãozinhas de lã. Saiba como escolher o modelo certo (fotos)

Resguardam do frio e completam o visual, seja ele sofisticado, informal ou casual.

Para tal é preciso ter vários pares disponíveis e saber escolher de acordo com a toilete.

Existem várias hipóteses de escolha, seja em pele, lã, seda, as luvas-bolsa (sem separação entre os dedos). Descubra-as!

Veja a GALERIA DE IMAGENS LUVAS E ÉCHARPES

Quer pretenda um look irreverente ou formal existirá sempre um modelo que lhe assentará com uma luva. Com a ajuda de Olga Pinto, estilista e consultora de moda, dizemos-lhe qual:

Luvas até ao cotovelo
As luvas altas até ao cotovelo ficam bem com vestuário requintado, usado em festas e eventos nocturnos. Coordenam lindamente com vestidos cavados, de toilete, tops de renda e peças de alças.

De malha
As luvas em malha e lã são quentes mas sensíveis. Devem ser lavadas à mão, com um detergente suave em água fria para não encolherem e estendidas sobre uma toalha para secarem ao abrigo do sol.

Luvas em pele
As luvas em pele de consumo, como as de porco, cordeiro e borrego combinam com casacos, cintos, botas e boinas do mesmo material. Devem ser limpas a seco para evitar que se deformem, que a pele quebre e o forro encolha.

Em nobuk
Este tipo de pele está particularmente sujeito a manchas, visto ser permeável, mas pode ser protegido com produtos específicos. Sprays de limpeza e restauradores de cor para nobuk, ceras e cremes são alguns exemplos.

Luvas em tricô
As luvas quentinhas estão em destaque nesta estação, juntamente com gorros, cachecóis e chapéus de pala em tricô de aspecto artesanal e com motivos que variam entre as riscas, os entrançados e os mesclados.

Com carapuço
Modelo híbrido entre as luvas bolsa e aquelas sem dedos, com carapuço amovível, para ser retirado quando necessita de ter os dedos livres, sem ficar com as mãos frias.

Luvas sem dedos
As luvas ao estilo de um condutor sport dos anos 60, regressaram em grande estilo, exactamente com esta função: conferem um aspecto irreverente fashion e permitem ter os dedos em liberdade.

Texto: Vanda Oliveira com Olga Pinto (estilista e consultora de moda)
Foto: Artur (com produção de Mónica Maia)

artigo do parceiro:

Comentários