Tratamentos intensivos para um corpo à prova de críticas

Não gosta da sua imagem? Descubra técnicas que permitem reduzir o volume, rejuvenescer, eliminar as manchas, restaurar a pele e até a fazer as pazes com o reflexo do seu espelho

O espelho é que paga quando as pessoas não gostam do que vêm no seu reflexo. A maior parte das vezes não gostamos do que vemos e, se pudessemos, não hesitaríamos em mudar. Se pretende reduzir volume, anular os sinais de envelhecimento, eliminar manchas e restaurar a pele, saiba que para além da importância de gestos diários que deve ter em casa, pode tirar partido dos muitos tratamentos estéticos que os institutos de beleza disponibilizam. Conheça agora um conjunto de novidades que o vão ajudar a atingir com sucesso os seus objetivos e até reconciliar-se com o espelho.

Lipoescultura para reduzir volume

Na opinião de Tiago Baptista Fernandes, cirurgião plástico na clínica iCare, em Lisboa, a lipoescultura é uma boa opção cirúrgica para fazer desaparecer os inestéticos quilos a mais e o volume acumulado. «Trata-se de uma cirurgia para a redução do volume de gordura corporal, em áreas localizadas, através de vibroliposucção. Parte da gordura aspirada é usada para dar volume a zonas que beneficiem de um maior preenchimento (glúteos, mama, sulcos da face, entre outros), conferindo ao paciente uma melhoria do contorno corporal», refere.

Cada intervenção permite retirar, no máximo, três a cinco quilos de gordura. «Deve usar-se uma cinta elástica durante 60 dias e é indicada drenagem linfática manual e ultrassons dois dias depois da cirurgia, com o intuito de acelerar a recuperação, reduzir o inchaço e evitar o aparecimento de fibroses ou irregularidades», aconselha o especialista. A lipoescultura tem um preço variável, mas pode fazê-la a partir de 3.500 € em muitas clínicas.

Peeling para não envelhecer

De acordo com a dermatologista Leonor Girão, «para combater o envelhecimento precoce da pele é importante manter uma limpeza adequada e uma boa hidratação, usando produtos adequados ao tipo cutâneo». Opte sempre por produtos com propriedades regeneradoras e antioxidantes (com retinol, vitamina C ou E, ou antioxidantes do vinho tinto, por exemplo). Na opinião da dermatologista, estes cuidados devem ser complementados com peelings químicos periódicos das áreas mais envelhecidas (como a face e o dorso das mãos).

«Consistem na aplicação de substâncias químicas (ácido salicílico, ácido glicólico, combinados de substâncias, entre outros) diretamente na pele, que são deixadas a actuar uns minutos e depois se retiram. Fazem uma exfoliação da camada superficial ou média da pele (dependendo da intensidade do peeling), levando a uma melhoria da sua textura e diminuição das manchas e rugas finas», explica a profissional de saúde. «São necessárias, em média, quatro sessões, seguidas de uma manutenção (caso necessário) de três em três meses», acrescenta. Preços a partir de 100 € por sessão de peeling.

Laser para eliminar as manchas

«As manchas já instaladas e pronunciadas são sempre um problema delicado de resolver porque tudo o que é eficaz pode provocar inflamação e, novamente, manchas. Daí ser fundamental fazer o tratamento com um dermatologista», adianda Leonor Girão. «Também é preciso ter a noção que o resultado depende, por um lado, do fototipo da pele, capacidade de pigmentar em resposta ao sol, e do uso rigoroso de protecção solar diária adequada», explica a especialista.

Assim, para o tratamento das manchas cutâneas, a dermatologista sugere a aplicação, sob controlo médico, de manipulados químicos com substâncias despigmentantes potentes (feitos em farmácia). «Podemos ainda utilizar o laser com o intuito de fazer implodir o pigmento nas células através da energia emitida pelo aparelho. Consoante o tipo de laser empregue, serão necessárias entre uma a três sessões», refere.

Na opinião da dermatologista, este «tem a vantagem de ser mais rápido a obter resultados mas obriga a um controlo mais rigoroso em consulta após o tratamento (para diminuir o aparecimento de pigmentação pós-inflamatória). Em média, a consulta custa cerca de 90 € e cada sessão de tratamento com laser CO2 tem um preço de 175 €. Estes são, contudo, valores médios que podem variar de clínica para clínica.

Veja na página seguinte: Ácido hialurónico e vitaminas para restaurar a pele

Comentários