Terapias alternativas para alcançar o peso ideal

O emagrecimento através da medicina chinesa

Quando se fala de emagrecimento, há que distinguir duas situações: o excesso ponderal e a gordura localizada. Se a gordura localizada pode ser apenas um problema estético, o excesso ponderal é um problema de saúde que deve ser encarado de uma forma mais ponderada.

Quando se fala de Medicina Chinesa (MC) não se fala apenas de acupuntura, mas sim de uma Medicina completa, com diagnóstico próprio, que utiliza várias terapêuticas, entre as quais a acupuntura.

Para a eliminação da gordura localizada existem variadas opções, desde a massagem, massagem com ventosas, acupuntura com electroestimulação e aplicação de fitoterapia em creme.

O tratamento do excesso ponderal exige sempre uma consulta prévia detalhada para a obtenção de um diagnóstico, sempre necessário para elaboração de um protocolo de tratamento adequado ao paciente.

As várias terapêuticas que compõem a MC, permitem-nos agir em vários níveis.

Com a dietética vamos corrigir erros alimentares e adaptar a alimentação ao diagnóstico.

A acupuntura vai ajudar a regular o apetite, controlar a ansiedade e contribuir para o correto funcionamento do organismo.

A Fitoterapia (fórmulas de compostos vegetais e minerais) age ao nível do metabolismo, função digestiva, circulatória, etc, conforme a sintomatologia apresentada e o diagnóstico efectuado.

Tai-Qi e Qi-Gong são “ginásticas” de prevenção, mas também de tratamento pois dispõem de exercícios específicos conforme o diagnóstico, para além dos benefícios já conhecidos do exercício físico.

A massagem, simples ou com ventosas, contribui para uma melhor circulação, sanguínea e linfática, e potencia a eliminação de gordura nas zonas mais difíceis.

Mas, exceção feita à acupuntura, não parece haver grande diferença no tratamento pela MC ou por outra Medicina qualquer, temos a dieta, os medicamentos, a massagem e o exercício físico. Pois assim parece, no entanto há diferenças.

A primeira frase que ouvi, no 1º ano de curso, em relação à dietética foi “Toma o pequeno-almoço como um Rei, almoça como um príncipe, lancha como um mercador e janta como um pobre”. De facto, todos nós sabemos isto, no entanto, com a nossa organização de vida, é extremamente difícil colocar em prática. Mas há que tentar, e minimizar os “danos” do que não conseguimos corrigir.

A dietética chinesa classifica os alimentos pela temperatura. E esta temperatura refere-se ao efeito provocado no organismo, não à temperatura a que os alimentos são consumidos.

Segundo a Lei dos 5 Movimentos, o Outono pertence ao Movimento Metal, que se caracteriza pela destruição, as árvores perdem as folhas, toda a Natureza se prepara para começar a utilizar as reservas que acumulou no Verão, época de abundância.

Assim, aproveite, está na época ideal para começar um emagrecimento seguro, saudável e duradouro, pelo que termino com 3 dicas: Não ingira bebidas frias durante e após as refeições, prefira as frutas e legumes locais e da época, e prefira os alimentos cozinhados aos alimentos crus.

Gostou deste artigo ou tem dúvidas?

Dê-nos a sua opinião leitorsaudehoje@gmail.com

Texto: Drª Rita Brandão, Diplomada em Medicina Chinesa

ritabrandao@medicinachinesa.com

Saúde Hoje

Comentários