Rejuvenescer o pescoço

Cuide do pescoço, pois é o primeiro a mostrar a idade.

Não há dúvida de que o pescoço é uma das áreas mais negligenciadas do rosto, no entanto, existem cuidados estéticos não invasivos que permitem combater o seu envelhecimento, que favorecem o rejuvenescimento da pele dessa zona.

Uma das tecnologias baseia-se na reestruturação das fibras de colagénio, através da combinação de ultrassons e de radiofrequência.

A pele do pescoço envelhece mais facilmente do que a pele de outras zonas do corpo ou do rosto. Este envelhecimento ocorre porque a pele desta zona é mais fina, possuindo menos pontos de adesão que ajudem a manter o tecido firme durante mais tempo.

Para além disso, e por ser uma área mais exposta aos fatores ambientais que causam envelhecimento, como é o caso do sol, do vento, etc., merece cuidados extra.

A tecnologia que vamos abordar apresenta uma solução não invasiva e rápida no combate ao envelhecimento do rosto, e em particular do pescoço, uma zona que apresenta grandes desafios aos cuidados de estética.

A tecnologia

Este sistema assenta numa tecnologia denominada por CRT (Tecnologia de Reestruturação de Colagénio), que resulta em todos os tipos de pele, tendo em consideração a tipologia das causas de envelhecimento.

Ela favorece o rejuvenescimento da pele através de uma nova reestruturação das fibras de colagénio, ao combinar ultrassons e radiofrequência.

Esta combinação simultânea de tecnologias permite o acesso e o cuidado de tecidos anteriormente resistentes, multiplicando os efeitos de ambas as técnicas. No rejuvenescimento facial, as estruturas de hélices triplas das fibras de colagénio existentes na pele (que estão danificadas pelas marcas do envelhecimento) são atingidas pelo calor da radiofrequência, iniciando o seu processo de desmoronamento.

Por sua vez, as ondas mecânicas dos ultrassons criam ondas de ressonância que auxiliam bastante este processo de perturbação das fibras de colagénio. Esta abrupta combinação de energias (RF e ultrassom) dissocia as estruturas de colagénio.

Depois de as estruturas de colagénio serem atingidas, o processo natural de cura do nosso corpo começa a regeneração da matriz dérmica. Os fibroblastos vão produzir ativamente novas fibras de colagénio e provocar uma nova reestruturação da pele. A estrutura da pele é assim preenchida com o novo colagénio.

Saiba mais na próxima página

Pescoço rejuvenescido

Graças a um aplicador facial, esta tecnologia pode ser utilizada em todas as zonas do rosto e do pescoço, permitindo a refirmação da pele com reestruturação das fibras de colagénio, o que se traduz numa pele mais suave e firme com uma diminuição de rugas e a criação de um efeito lifting facial e antienvelhecimento, imediatamente após cada sessão.

Este cuidado facial é bastante eficaz para atuar em zonas como o pescoço, tanto na refirmação de tecidos, como na eliminação da gordura. Duplo queixo Nesta zona, a tecnologia atua em duas vertentes. Primeira vertente – redução de volume

O ultrassom, combinado com a energia de alta-frequência (RF), permite o acesso e o cuidado dos tecidos gordos, chegando com precisão à gordura profunda, enquanto o arrefecimento da superfície protege a estrutura dérmica e regula a temperatura da pele.

O mecanismo de ação consiste no facto de as ondas ajudarem a libertar a gordura das suas estruturas, causando a separação da formação gorda em unidades individuais, de forma a que as células adiposas fiquem mais expostas e acessíveis, ficando assim preparadas para um cuidado eficaz.

As ondas ultrassónicas quebram a estrutura do tecido fibrótico gorduroso. Por sua vez, o processo de lipólise no tecido adiposo é acelerado, diminuindo o volume da camada de gordura, que é eliminada progressivamente pelo corpo humano. Segunda vertente – Flacidez da pele Em seguida, atua-se no cuidado da flacidez da pele nesta zona do pescoço.

A sinergia das duas tecnologias (RF e ultrassom) produz uma ação nas células, com benefícios através da ação térmica e mecânica, aumentando o metabolismo dos tecidos, rejuvenescendo as células – a que se chama neocolagénese metabólica –, refirmando a pele e deixando-a suave e rejuvenescida. Em conclusão, esta fonte de energia em forma de radiofrequência e ultrassons é segura, conseguindo reativar os tecidos que formam as adiposidades localizadas, diminuir o seu volume e a flacidez cutânea.

Em casa

O pescoço precisa de passar por um ritual diário de limpeza, tonificação, hidratação e fotoprotecção, só assim se consegue evitar o seu envelhecimento. É importante a esteticista aconselhar e alertar as suas clientes para, depois dos cuidados em cabine, continuarem a cuidar da pele do pescoço em casa com os cosméticos e massagens adequadas a cada caso. 

Os protocolos

Segundo a profissional Para Carla, esteticista “as sessões com este equipamento são simples e rápidas, 5 minutos por zona, sendo que numa sessão pode ser tratada toda a zona facial.

Para os cuidados de rosto e/ou pescoço, deve ser programada uma sessão semanal ou de 10 em 10 dias, para um total de 3 a 4 sessões. Toda a área do pescoço leva entre 10 e 20 minutos mais 10 a 15 minutos no decote.

O principal objetivo é conseguir obter uma face mais jovem, com menos sinais de envelhecimento, sem recurso a técnicas invasivas, rapidamente e sem dor.

Sem qualquer dor e sem necessidade de recorrer a anestesia, este cuidado facial permite a quem o utiliza continuar com a sua vida normal”.

Saiba mais na próxima página

Resultados

Efeitos de Rejuvenescimento – suavização das rugas Resultados no combate à flacidez da pele relacionada com o envelhecimento Efeito evidente imediato após a sessão Rejuvenescimento da pele através da produção do seu próprio colágenio Minimiza os danos solares

Investigação médica

Uma equipa de investigadores e cientistas realizou estudos para demonstrar a segurança para a saúde da utilização combinada de energia procedente das ondas de radiofrequência e das ondas de ultrassom geradas pelo dispositivo, e também para comprovar a eficácia dessa combinação na pele e no tecido adiposo subcutâneo.

Os parâmetros desta tecnologia, que utiliza em simultâneo dois tipos diferentes de energia num aplicador, estão baseados em extensos ensaios clínicos e permitem a diminuição do número de adipósitos localizados em profundidade, de forma mais rápida e efetiva que outros procedimentos.

A tecnologia incorpora várias e sofisticadas medidas de segurança, para um controlo perfeito de ambos os fluxos de energia. Os efeitos da radiofrequência em dose precisa e localizada provocam um aquecimento do tecido (por dilatação), com um aumento das reações bioquímicas, como por exemplo uma diminuição da insulino-resistência e um aumento da resposta imune pelos necrófagos.

Os efeitos dos ultrassons provocam uma despolimerização, um aumento do metabolismo tisular, e uma diminuição da fibrose, o que faz com que reduza a inflamação e o edema, dando origem ao rejuvenescimento.

Quando o assunto é o cuidado do colo e do pescoço, a lição mais importante diz respeito à prevenção. Ou seja, limpar, tonificar, hidratar e proteger a região contra o sol são passos fundamentais para amenizar os sinais do tempo!

Passo a passo

Primeiro a esteticista procede à limpeza e à tonificação da pele.

- Depois a profissional coloca o gel neutro na área.

 

- Colocação da placa (elétrodo) na zona da omoplata.

- Com o manípulo, a profissional vai percorrer toda a área em movimentos circulares.

- No fim é colocada  uma máscara de acordo com a área a tratar. Finaliza-se com protetor solar.

Fotografia: José Albino, 15x15; Lancaster 

Agradecimentos: Exilis, BTL; My Moment, Lisboa

 

 

artigo do parceiro:

Comentários