Peel-off

Uma máscara que é uma segunda pele

Quando se pensa em máscaras, vêm-nos automaticamente à cabeça imagens de cremes espessos. Mas não tem de ser assim!

As máscaras peel-off são cosméticos que secam quando se mantêm uns
minutos aplicados, transformando-se numa espécie de segunda pele. Os responsáveis por esta propriedade são os alginatos, uma substância
gelatinosa extraída das algas pardas, muito comuns nas águas frias.

Este tipo de máscara foi muito popular há umas décadas, depois entrou em declínio,
mas agora voltou em força uma vez que os avanços da cosmética multiplicaram
as suas aplicações.

Como se usam?

Estas máscaras apresentam-se sob a forma de um creme que se espalha
sobre a pele limpa e seca, evitando as sobrancelhas. Deixa-se actuar e,
passado o tempo indicado, adquirem uma consistência rígida, que se
desprende com os dedos e se remove numa só peça (deita-se fora no
lixo, nunca na sanita). Se permanecerem restos sobre a pele, removem-se
com um pouco de água.

Quais as suas vantagens?

Por ser muito oclusiva, a máscara peel-off oferece até três vezes mais
eficácia do que uma máscara tradicional. Para além disso, pode ser aplicada
sem nenhum problema sobre olhos e lábios, onde a pele é mais
fina e está mais danificada por causa dos movimentos e gestos contínuos.
Na zona ocular, efectua, para além disso, uma drenagem linfática
que reduz visivelmente os problemas de papos e inchaço.

Por outro lado, como a temperatura destas máscaras permanece baixa, exercem
uma ligeira contracção tanto no músculo como na pele, obtendo efeitos
refirmantes e tonificantes. Com excelente capacidade de limpeza
e esfoliante para as peles oleosas, o sistema peel-off também é muito
recomendável para peles secas, já que os princípios activos penetram
mais eficazmente neste tipo de peles.

Texto: Madalena Alçada Baptista

Comentários