Os (muitos) cuidados a ter com a esfoliação

Em casa ou num spa, pode (e deve) esfoliar a pele da cabeça aos pés. A frequência com que o faz e o produto que usa são determinantes para obter todos os benefícios deste ritual de beleza.

A esfoliação «consiste na passagem de um produto com partículas ou substâncias abrasivas que ajudam a remover as células mortas e a retirar a parte mais superficial da pele», explica Manuela Cochito, médica dermatologista. «Ao tornar a pele mais fina, esta fica mais bonita, reflete melhor a luz e ajuda a uma melhor penetração do creme diário, aumentando assim o seu efeito», acrescenta.

Se acha que este cuidado é demasiado agressivo para a sua pele ou se, por outro lado, não obtém os resultados esperados, muito provavelmente está a usar o produto errado para si ou não está a usá-lo com a frequência desejada. A pedido da Prevenir, a especialista esclarece, de seguida, as principais dúvidas.

Qualquer tipo de pele precisa de ser esfoliada?

Sim, embora as peles muito sensíveis necessitem de algum cuidado com a esfoliação. Ao fazer a esfoliação, a pele pode ficar sensibilizada e portanto não reagir bem, podendo ficar vermelha, irritada. Mas tirando as peles muito sensíveis, de uma maneira geral, não há qualquer problema em fazer a esfoliação.

Agora, quer o tipo de grão da esfoliação, mais grosso ou mais fino, mais ou menos abrasivo, quer a frequência com que se faz, têm de ser ajustadas ao tipo de pele e à zona do corpo. Uma coisa é fazermos uma esfoliação nas costas, outra coisa é fazer uma esfoliação no rosto.

Quem vive na cidade e está mais exposto à poluição tem especial necessidade de esfoliar a pele?

Não. A esfoliação não está relacionada com a poluição. A esfoliação permite retirar a camada mais superficial das células da camada córnea. Ao fazê-lo, a pele fica mais fina, refletindo melhor a luz e ajudando a uma melhor penetração dos cosméticos que se aplicam. A poluição sai com o banho.

Em que altura do dia deve ser feita?

Há produtos que são para ser usados no banho, outros em seco. Se tiver uma pele mais sensível, é preferível fazer à noite porque se a pele ficar vermelha  ou sensibilizada não vai apanhar sol.

Quais são as zonas do corpo que podemos esfoliar?

Podemos esfoliar todo o corpo, não há nenhuma zona que esteja interdita.

Com que frequência é que o devemos fazer?

De uma forma geral, deve fazer-se uma esfoliação por semana. Depois, dependendo do tipo de pele e do produto utilizado, a frequência pode variar.

Veja na página seguinte: As necessidades de esfoliação de peles oleosas e peles secas

Comentários