O que fazer e ingerir para ficar (mesmo) mais nova

O processo de envelhecimento na mulher não é exatamente igual ao do homem. Luís Romariz, especialista em medicina preventiva, explica o que pode fazer para o contrariar

Os mecanismos do envelhecimento são os mesmos nos dois sexos, embora com nuances. Por ser mais fina e menos oleosa, a pele das mulheres está mais exposta ao fotoenvelhecimento provocado pelos radicais livres resultantes da ação dos raios UV. «O envelhecimento interno é maioritariamente provocado pela glicação, que é o resultado da ligação anormal e não enzimática entre as proteínas corporais (como o colagénio e a elastina, por exemplo) e a glicose dos alimentos (presente em alimentos como os doces, o pão e a batata)», refere Luís Romariz, especialista em medicina preventiva..

Esse processo conduz à formação dos perigosos AGE, produtos avançados da glicação, mensuráveis no sangue através da determinação da HbA1c, «a qual deve ser menor do que cinco por cento», adverte o especialista. «Para contrariar este fenómeno, não coma hidratos de carbono de elevado ou médio índice glicémico e faça exercício físico, uma vez que este permite gastar a glicose», recomenda ainda.

Tome também suplementos alimentares de vitamina B6, «especialmente sob a forma de benfotiamina (150 mg)», bem como ácido alfa lipoico (600 mg) e carnosina (300 mg). O desequilíbrio hormonal da pré-menopausa, a partir dos 40 anos, conduz à osteoporose e ao envelhecimento. «Não espere pelos sintomas (fogachos, suores noturnos, alterações do humor, rugas e osteopenia) da menopausa», aconselha Luís Romariz.

Alcançar e manter um perfeito equilíbrio hormonal, capaz de manter a saúde e aumentar a longevidade, não é obra do acaso. «Tem muita ciência por detrás. A análise sanguínea regular do estado hormonal permite otimizar as hormonas através da sua reposição», refere ainda o especialista em medicina preventiva. O fim do verão e dos períodos das férias podem ser o mote para recuperar da ação do sol, adotando comportamentos que devem ser replicados durante todo o ano:

- Hidrate-se bebendo diariamente pelo menos dois litros de água, preferencialmente sob a forma de chá verde.

- Tome um suplemento de astaxantina (8 mg) e de SOD (300 mg).

- Ingira diariamente pelo menos dois gramas de óleo de peixe (salmão ou sardinha).

- Use um creme biológico personalizado com estrogénios (estradiol e estriol) e progesterona.

- Faça regularmente micro-injeções (técnica indolor) de uma mistura à base de ácido hialurónico, vitamina C, vasoativos e silício, que a vão fazer parecer bastante mais nova.

O percurso de Luís Romariz

Licenciado em medicina pela Faculdade de Medicina do Porto, Luís Romariz especializou-se em medicina familiar, tendo o grau de assistente graduado. Especialista na área da medicina preventiva ao longo de mais de 25 anos, obteve o International Certificate of Age Management Medicine no Cenegenics Medical Institute de Las Vegas, em 2005. É pós-graduado pela Harvard Medical School e pela Medical School of Yale University. É considerado o pioneiro da medicina anti-aging em Portugal e é fundador do Instituto Médico NewAge, no Porto.

artigo do parceiro:

Comentários