Máscaras para todos os rostos

Verdadeiras poções mágicas, as máscaras faciais revigoram a cútis, deixando-a com uma aparência saudável e bonita.

Com fórmulas cada vez mais variadas e enriquecidas, é importante conhecê-las em profundidade para saber quais são as mais adequadas para cada caso.

O rosto é a parte do corpo que atrai mais atenção, por isso é muito importante mantê-lo cuidado através da aplicação regular de máscaras faciais. Autênticas fontes de juventude, ricas em substâncias activas, as máscaras faciais penetram em profundidade nas células para repor a força e a luminosidade da pele.

Em qualquer programa de beleza, constituem uma etapa essencial, sendo também utilizadas nos cuidados em casa. Os laboratórios de cosmética apresentam uma grande gama de máscaras com propriedades específicas adaptadas a todos os tipos de pele e a todas as situações.

Estas preparações cosméticas, altamente concentradas, apresentam-se em diferentes texturas, cuja finalidade é oferecer à pele o máximo de efeitos positivos num tempo determinado, por norma entre 10 e 20 minutos. No entanto, só adianta aplicar uma máscara se esta se adequar às nossas necessidades.

Os diferentes tipos

As máscaras faciais podem ser bastante variadas, tanto no que diz respeito à sua formulação quanto à sua apresentação e textura. Podemos distinguir duas categorias principais: as máscaras aplicadas a frio, que se apresentam em consistências variadas e que podem ser aplicadas em gabinete ou em casa, e as máscaras aplicadas a quente, que normalmente fazem parte do domínio profissional e são aplicadas apenas em gabinete.

Aplicadas a frio

Podem ser aplicadas com as mãos, com um pincel ou com uma espátula. Têm diferentes texturas e apresentações: creme, gel, gesso, patch, película ou pó.

● Creme

São constituídas fundamentalmente por uma emulsão de água combinada com óleos e integram diversas substâncias activas, em especial: pós com propriedades absorventes; agentes humidificantes, suavizantes, tensores e adstringentes; extractos de plantas; oligoelementos e óleos essenciais.

Devem ser aplicadas numa camada espessa e, de acordo com a sua formulação, podem conservar uma textura untuosa ou endurecer quando secam. Retiram-se com água, no entanto, algumas máscaras cremosas são em parte absorvidas pela pele. Nesses casos, o excedente é retirado e o que resta constitui uma base de cuidado.

● Gel

Pode ou não ser transparente. É uma solução aquosa ou hidroalcoólica, condensada por um ou mais agentes gelificantes, que lhe dão uma aparência viscosa. Constituídas por uma rede tridimensional de macromoléculas hidrófilas (afinidade por água), que aprisionam soluções aquosas ou hidroalcoólicas, contêm, em geral, cerca de 80 a 98% de água, enquanto o restante é composto por substâncias humidificantes, conservantes, fragrâncias e substâncias gelificantes.

Saiba mais na próxima página

● Gesso

São máscaras oclusivas, reservadas para uso profissional, à base de gesso de secagem rápida (sulfato de cálcio), em associação com sais minerais e outros agentes secantes, como o óxido de zinco e o dióxido de titânio. Ao endurecer libertam calor, provocando uma vasodilatação que favorece a penetração dos activos contidos no creme. Retiram-se despegando-as do rosto.

● Patch

Máscaras de precisão em patch, indicadas para todos os tipos de pele. Muito práticas, já existem versões específicas para os homens que não gostam de perder tempo, e também para zonas específicas como o contorno dos olhos. Com efeitos antifadiga, reduzem instantaneamente o aspecto cansado e as rugas finas, assim como os primeiros sinais de idade.

● Película (peel-off)

São aplicadas numa camada fina e homogénea, formando uma película transparente e elástica na superfície da pele. De secagem rápida, retiram-se por descolamento. São utilizadas quando se pretende obter um resultado quase imediato.

Nesta categoria enquadram-se as máscaras denominadas peel-off, que perdem água depois da sua aplicação, formando uma película contínua, elástica e impermeável. Geram uma sensação tensora e são de fácil remoção, de uma só vez. São muito práticas e ideais para a pele jovem.

● Pó

Indicadas para os cuidados das peles oleosas, acneicas ou mistas, as máscaras em pó apresentam-se prontas a usar, ou então em forma de pó que deve ser misturado com um hidrolato ou um óleo vegetal, imediatamente antes da sua aplicação. Têm propriedades purificantes, absorventes e adstringentes.

Na sua composição encontram-se pós absorventes de origem mineral (caulino, bentonita, barros termais, argilas), de origem vegetal (plantas secas, algas micronizadas), substâncias adstringentes (alumínio, tanino), de limpeza (levedura de cerveja, mentol) e agentes reguladores da seborreia (oligoelementos e vitamina B6). Este tipo de máscara deve ser retirado com esponja ou algodão humedecido.

Aplicadas a quente

Estas máscaras estão reservadas ao uso profissional. Têm uma consistência sólida, necessitam de ser aquecidas em banho-maria e aplicam-se mornas com um pincel. Antes da aplicação, e para que o resultado seja mais visível, o profissional de estética aplica no rosto do cliente um creme nutritivo.

A acção de oclusão, provocada pelo endurecimento da máscara, favorece a humidificação da camada córnea por sudação. O calor libertado desencadeia uma ligeira vasodilatação que favorece a penetração dos activos do creme. A imobilização temporária das expressões do rosto também lhe confere uma acção remodelante e relaxante.

Na sua composição, estas máscaras combinam: caucho, ceras microcristalinas, parafina e óleos minerais. Entre os activos usados, encontramos sobretudo os barros termais, os oligoelementos e o azuleno. Este tipo de máscara é ideal para limpar profundamente a pele e também para as peles secas e maduras.

Classificação funcional

As máscaras também podem ser classificadas de acordo com a sua função, que é determinada pelos activos que as compõem. Destacaremos as mais imprescindíveis:

Saiba mais na próxima página

● Beleza instantânea

Perfeitas para produzir uma pele bonita de forma imediata, muito procuradas antes de acontecimentos especiais. São máscaras quase mágicas: iluminam a pele, dissimulam as rugas e proporcionam um aspecto radioso em apenas 5 minutos.

São indicadas para qualquer idade e tipo de pele, sendo ideais para utilizar antes da maquilhagem, já que ajudam a fixá-la e a realçá-la. Algumas destas máscaras expresso apresentam-se em embalagens monocapsuladas para uma aplicação mais rápida e exacta.

● Calmantes

Ideais para cútis muito sensíveis e reactivas aos agentes externos, dado que acalmam as reacções de intolerância, incomodidade e ardor, ao mesmo tempo que hidratam e suavizam. Indicadas para pessoas com pele sensível e irritável.

Nas suas fórmulas incluem activos calmantes, como ginkgo biloba, aciano, azuleno, rosa, entre outros, que deixam a pele suave, oferecendo um conforto imediato ao descongestionar os tecidos.

● Hidratantes

Indicadas para peles secas, uma vez que proporcionam humidade e ajudam a retê-la, também protegem das agressões externas. Oferecem à cútis um aspecto luminoso e saudável. As máscaras hidratantes são elaboradas à base de substâncias como o mel e plantas capazes de reterem a água, como o cacto.

Ricas em agentes humidificantes e activos hidratantes, restabelecem o equilíbrio da camada hidrolipídica de superfície, reconstituem a barreira cutânea e alimentam a pele com activos nutritivos. As pequenas rugas são atenuadas, a pele é preenchida, redescobrindo o conforto e a suavidade.

● Nutritivas

Quando a pele é muito seca, a hidratação não é suficiente. Torna-se necessário aplicar uma máscara nutritiva, que alimente a pele e que a ajude a conseguir um aspecto fresco. Estas máscaras são elaboradas à base de ingredientes gordos, como o óleo de amêndoas ou o abacate, que nutrem a pele em profundidade.

● Purificantes

Ideais para peles com brilho e pontos negros, quer sejam gordurosas ou mistas. A sua composição limpa em profundidade, elimina impurezas e a sujidade incrustada nos poros. Estas máscaras também actuam sobre o excesso de gordura da pele, ao mesmo tempo que a hidratam.

Costumam ser compostas por plantas adstringentes ou argila, para fechar os poros. Utilizadas com regularidade, conseguem equilibrar o excesso de sebo e proporcionam um aspecto cada vez mais limpo.

Saiba mais na próxima página

● Refirmantes

Ideal para utilizar se as rugas já são visíveis. Alisam a pele devolvendo-lhe um aspecto juvenil e tenso. São máscaras ricas em substâncias extremamente hidratantes que preenchem as pequenas rugas. O seu efeito lifting garante horas de firmeza que serão cada vez mais prolongadas se as máscaras forem aplicadas com assiduidade.

● Regeneradoras

Estimulam as funções metabólicas da pele e favorecem a renovação celular e a oxigenação cutânea. À base de ácidos de frutas, algas, ceramidas, entre outros activos, permitem que a pele redescubra toda a sua vitalidade. Ideais para os clientes com pele madura ou com pele jovem, mas apagada, devido ao stress ou à falta de descanso.

● Reguladoras

Contribuem para a correcção e para o controlo do excesso de sebo e para o restabelecimento do equilíbrio das peles oleosas com tendência acneica. O tecido cutâneo fica mais fino, os poros fecham-se e a tonalidade da pele torna-se mais clara.

● Tonificantes

São máscaras compostas por substâncias activas com efeito tensor imediato. A pele fica mais lisa e as pequenas rugas e rídulas são atenuadas, fornecendo uma luminosidade instantânea ao rosto.

Soluções específicas

Embora sem contra-indicações, as máscaras faciais devem ser adequadas ao tipo de pele de cada um e constituem um complemento dos cuidados prescritos pelos especialistas.

A poluição atmosférica, o ar condicionado, o pó, os resíduos de maquilhagem, o suor, entre outros factores, acumulam-se de forma imperceptível e impedem que os poros respirem com naturalidade.

Quando é aplicada uma máscara facial, essa sujidade é eliminada e o sangue aflui mais facilmente aos tecidos. A sua aplicação pode começar logo na adolescência, quando se tem a pele mista ou gordurosa. As pessoas com pele normal podem iniciar a sua aplicação a partir dos 20-25 anos.

Depois dos 30, as máscaras são grandes aliadas para combater os sinais do stress e do envelhecimento, pois proporcionam à pele toda a hidratação e nutrição de que ela necessita.

Para além disso, existem situações específicas que beneficiam particularmente da aplicação de máscaras adequadas, tais como um rosto que apanhou demasiado sol (escaldão). Conheça a solução que mais se adequa à condição da sua pele:

Saiba mais na próxima página

● Envelhecida

Quando o objectivo é conseguir um efeito lifting no rosto, oferecendo também uma boa dose de hidratação, o ideal é a aplicação de uma máscara com colagénio, que oferece os aminoácidos essenciais para a estimulação dérmica dos fibroblastos e reforça o colagénio natural da pele, proporcionando uma hidratação elevada.

● Stressada, fatigada e flácida

Para uma pele nestas condições, é adequada uma máscara com mentol, que tem uma acção refrescante, alivia a sensação de fadiga e tem também um efeito calmante. Por exemplo, a vitamina C protege a pele do stress oxidativo provocado pelos radicais livres, enquanto o aloé vera tem propriedades regeneradoras para as peles estragadas.

● Oleosa, acneica e intoxicada

No caso de uma pele com acne, oleosa e com pontos negros, a solução poderá passar pela aplicação de uma máscara cosmética que contenha pepino (anti-seborreico), sândalo (purificante) e lavanda (cicatrizante e calmante).

● Seca e escamada

No caso de uma pele seca, uma máscara facial à base de rosa mosqueta, com propriedades regeneradoras, e ainda jojoba, geleia real e aveia, é a solução ideal para hidratar e suavizar o rosto.

● Pós-solar

No Verão, com as idas à praia e o mau uso ou a não utilização de factores de protecção, os casos de escaldões sucedem-se. Assim, existem máscaras que, devido aos ingredientes que as compõem, são indicadas para esta situação.

No caso de um cuidado pós-solar, uma máscara cosmética com aloé vera, calêndula, camomila e lavanda ajuda na recuperação da pele, ao mesmo tempo que proporciona uma sensação de alívio e de frescura.

O valor do conhecimento

Todas as gamas propõem hoje em dia uma ou várias máscaras específicas. Os laboratórios dos institutos concebem-nas como autênticos concentrados de tecnologia. Em gabinete, o tempo de colocação da máscara representa um momento privilegiado de relaxamento.

Para além disso, também é possível desfrutar de todos estes efeitos positivos em casa, graças às formulações que o profissional lhe deve aconselhar, uma vez que forma parte do programa de beleza da pele e completa a acção dos cuidados quotidianos.

É portanto de sublinhar que, cada vez mais, a análise e o conhecimento, tanto do profissional de estética como do consumidor, relativamente aos cosméticos e às fórmulas existentes no mercado, é fundamental na prestação de um serviço de crescente qualidade.

Saiba mais na próxima página

Activos e os seus efeitos:
Máscaras calmantes

Extractos vegetais de camomila, calêndula e azuleno
Máscaras adstringentes

Extractos vegetais de alecrim, agrião, sálvia, hamamelis e castanha-da-índia
Máscaras nutritivas

Vitaminas A e E, elastina e ginseng
Máscaras anti-inflamatórias

Alfa-bisabol, beta-escina, ácido glicirrízico e azuleno
Máscaras hidratantes

Ácido hialurónico, alantoína, ceramida, extracto de chá verde e de calêndula, óleos de uva e de amêndoas, vitamina E.

Cronologia

As máscaras faciais são consideradas as preparações cosméticas mais antigas, utilizadas em cuidados de beleza, pois promovem a manutenção da aparência saudável da pele. O uso desta forma cosmética remonta à antiguidade e, em tempos recentes, a cosmetologia retomou o interesse por este tipo de preparação, tendo em conta a sua acção rápida e eficaz.

As primeiras máscaras utilizadas eram de lama e de argila, usadas para tratar doenças de pele, mas algumas mulheres perceberam que a pele ficava mais bonita após a sua aplicação. No tempo dos faraós, os egípcios já empregavam preparados que funcionavam como máscaras, assim como os gregos, que recorriam a aplicações de argila ou de terra da ilha de Lemos para limpeza.

Mas foi no século XIX que apareceram as primeiras máscaras de caseína e de caulino. O avanço tecnológico no campo dos cosméticos trouxe muitas modificações. Actualmente, num mundo que avança a um ritmo acelerado, as soluções também acompanham estas necessidades. As máscaras faciais expresso, em monodoses e de rápida aplicação, são hoje muito procuradas.

Texto: Patrícia Velez Filipe
Fotografia: Valua Vitaly - Fotolia.com
Agradecimentos: Sara Guimarães, esteticista/cosmetologista

artigo do parceiro:

Comentários