Limpeza de pele ultrassónica

Um novo sistema para purificação e tratamento cutâneo que devolve a elasticidade à epiderme, deixando-a resplandecente e saudável, emite 2.800 microvibrações por segundo. Já está disponível em Portugal

Já pensou quantas vezes é que a sua pele é agredida ao longo do dia? Lembra-se de todas as ocasiões em que se deitou sem limpar o rosto com um produto adequado ou, de manhã, se limitou a lavar a cara e sair a correr para o emprego? Não é fácil para o nosso rosto defender-se de todas as agressões a que o sujeitamos diariamente. E, se não o ajudarmos a proteger-se, o espelho vai ser, literalmente, o reflexo do nosso descuido, mostrando-mos uma pele cansada, baça e envelhecida.

Para que a pele possa atuar como um filtro contra os agentes poluentes, é fundamental que esteja limpa. E não são só os poluentes ambientais que contribuem para que a pele acumule impurezas. As células mortas, a gordura, o suor e resíduos de maquilhagem e de cosméticos são outros inimigos de uma tez imaculada.

Hoje em dia, existem soluções cosméticas de limpeza que assumem os mais variados formatos e texturas e que são adaptadas aos vários tipos de pele. No entanto, a adoção deste gesto na nossa rotina diária não dispensa a execução periódica de uma limpeza de pele, realizada pelas mãos de profissionais. Desta vez, não lhe vamos falar de uma limpeza de pele tradicional mas, sim, de um novo sistema, a limpeza de pele ultrassónica.

O que é?

Este novo sistema para limpeza e tratamento cutâneo, ao eliminar as camadas superficiais da pele, estimula a renovação do tecido cutâneo, devolve a elasticidade da pele, deixando-a resplandecente, saudável e mais jovem desde o primeiro tratamento. Para além disso, promove a penetração e potencia a ação dos cosméticos nutritivos e hidratantes e de tratamentos que se realizem.

A limpeza de pele ultrassónica é realizada através de corrente ultrassónica que, ao entrar em contato com a pele, promove uma limpeza profunda e elimina as células mortas, potenciando a renovação celular e a estimulação da produção de elastina e colagénio. Este sistema de microvibrações ultrassónicas (2.800 por segundo) permite esfoliar, limpar a pele e hidratá-la de forma indolor, sendo menos agressiva que as técnicas tradicionais de limpeza de pele, não causando vermelhidões ou qualquer tipo de trauma no rosto.

Preparação para outros tratamentos

Como explica Mariana Morais, médica de medicina estética, «qualquer procedimento nesta área procura sempre obter os melhores resultados possíveis. Para tal, é essencial que aconteça uma boa preparação da pele, de forma a otimizar os tratamentos médicos. A limpeza de pele ultrassónica permite uma esfoliação da camada mais superfi cial da pele assim como uma ativação da circulação».

«Estas características são essenciais para tratamentos que envolvam estimulação da pele, como a mesoterapia da face com vitaminas, tratamento com fatores de crescimento ou peelings. Também se trata de um complemento essencial em todos os tratamentos despigmentantes», refere ainda a especialista. Conforme a médica de medicina estética refere ainda, «na prática clínica é habitual observarmos melhores resultados nas pacientes que se submeteram a tratamentos de preparação da pele».

Veja na página seguinte: Os benefícios da limpeza de pele ultrassónica

Comentários