Escova de beleza supersónica

A escova elétrica mais famosa do mundo chegou, finalmente, a Portugal

Em meados de junho de 2013 foi anunciada a chegada da Clarisonic a Portugal. A badalada escova elétrica que esfolia e limpa a pele em profundidade existe há mais de uma década e é um produto de culto para celebridades como Gwyneth Paltrow, Fergie, Corteney Cox, Justin Timberlake (sim, os homens também são fãs) ou Oprah Winfrey, que chegou a oferecer um aparelhinho destes a todos os espetadores do seu programa de Natal.

Apesar de só a termos entre nós há pouco tempo, já tínhamos visto dezenas de tutoriais e lido artigos e opiniões de utilizadoras comuns ou de gurus de beleza que a aconselhavam (quase sempre) como um must have para uma rotina de beleza irrepreensível. Agora, chegou a nossa oportunidade de
testá-la também e confirmar se todo o burburinho à volta do aparelho de beleza mais famoso do mundo tinha razão de ser. Nós andamos a experimentá-la e contamos-lhe o que pode esperar deste gadget de beleza.

O primeiro contacto

Mal a encomenda chegou à redação, a minha reação foi abrir o embrulho de tamanho considerável para ver qual dos dois modelos à venda em Portugal (Mia para o rosto ou Plus para rosto e corpo) teria oportunidade de experimentar. Era a Clarisonic Plus! Tirei-a da caixa e o primeiro pormenor que me surpreendeu foi a suavidade da escova. Como é que um objeto tão delicado ia conseguir tirar da minha pele os vestígios de poluição, maquilhagem ou células mortas? Bom, nada melhor do que ver para crer.

Instruções descodIficadas

No mesmo dia, mal cheguei a casa, sentei-me no sofá com a Clarisonic Plus entre as mãos. Queria usá-la logo de manhã e dizer bom dia a uma nova rotina de beleza. Infelizmente, não foi o que aconteceu... De acordo com as instruções, o primeiro carregamento deve ser feito durante 24 horas, pelo que fui logo ligar a máquina à corrente para poder usá-la na noite seguinte.

Para além das instruções, o folheto aconselha a visita ao site da marca para melhor compreender o seu modo de funcionamento. Na verdade, a informação ali disponibilizada foi bastante útil.

Para além do folheto, do carregador e das duas escovas (uma para o rosto e outra para o corpo), a caixa traz também um gel para a limpeza do rosto e um esfoliante para o corpo, que devem ser usados nas primeiras utilizações. Até aqui tudo perfeito. Depois de uma leitura compenetrada, mas que não durou mais de cinco minutos, percebi que era fácil de mais usá-la.

A Clarisonic faz tudo por nós. No rosto sugere-se um ciclo de limpeza de um minuto que é cronometrado pelo próprio aparelho. Bastam 20 segundos a girar a máquina na testa e bip, ela apita e faz uma pausa. Está na altura de passar para a zona do queixo e nariz durante outros 20 segundos. Mais um bip e uma pausa. Finalmente, é tempo de passar para as maçãs do rosto, nas quais devemos demorar 10 segundos.

Uma pele nova

Bastou usar a Clarisonic uma vez para ver nascer um rosto transformado. Para além da suavidade instantânea, senti a minha pele verdadeiramente limpa. Com o passar dos dias, e mesmo tendo começado a usar o aparelho no verão, altura em que a minha pele apresenta mais defeitos, o tom bronzeado não me foi roubado, as manchas não apareceram e as borbulhinhas incómodas decidiram dar-me folga.

Além disso, qualquer produto que aplique de seguida penetra na pele com uma rapidez fora do comum. A sua utilização no corpo tem outras vantagens. O autobronzeador que tantas vezes se acumula em zonas ásperas como os joelhos ou os cotovelos, deixando-os manchados, deixou de ser um problema. Agora, qualquer produto que aplique na pele é rapidamente absorvido e fica com um acabamento uniforme.

Vale a pena?

Se a ideia de ter uma pele perfeitamente limpa a entusiasma, Clarisonic é o aparelho a comprar. A sensação ao usá-la é a de estar a remover qualquer impureza que tente resistir na pele. E depois, quando se olha para o espelho e se vê a tez uniforme, e a pele matificada e luminosa, o amor por esta máquina não para de crescer. É um investimento que vale, definitivamente, a pena. Comece já a poupar alguns euros porque, por 225 €, poderá mudar a vida da sua pele (para sempre).

Prós

– Lava o rosto em profundidade em apenas um minuto.

– A pele do rosto fica luminosa, matificada e com menor propensão para o aparecimento de borbulhas e/ou pontos negros.

– No corpo, zonas rugosas e ásperas como os cotovelos, joelhos ou pés ficam macias, as manchas de autobronzeador desaparecem e a pele fica pronta para receber os cuidados posteriores.

Contras

– Tem de ser carregada durante 24 horas e a bateria só dura cerca de 30 minutos.

– Só pode ser usada na pele já desmaquilhada, caso contrário a escova fica suja e com mau aspeto.

– Apesar de durar uma vida, a Clarisonic Plus não deixa de ter um preço elevado e de exigir um investimento avultado.

Os passos essenciais para tirar o melhor partido da Clarisonic:

1. Remova a maquilhagem dos olhos (para não sujar a escova).

2. Aplique o produto de limpeza na pele húmida ou na escova humedecida.

3. Prima o botão ligar/desligar para ligar a Clarisonic.

4. Selecione a velocidade pretendida.

5. Siga as indicações do Timer e mova a escova suavemente em movimentos circulares.

6. Clarisonic desliga-se automaticamente após o ciclo de limpeza.

7. Lave bem a máquina e deixe-a secar até à próxima utilização.

artigo do parceiro:

Comentários