Corpo (mais) definido através do pole dance

Dançar num varão tonifica os músculos e refirma a pele. Em Portugal, à semelhança de outros países, a modalidade está em voga e são muitas as mulheres que dançam para perder peso e gordura.

É, sobretudo, associado a ambientes de charme e sedução mas o pole dance, uma modalidade em voga em Portugal, pode ser uma atividade física completa, uma vez que dançar no verão define a musculatura, aumenta a autoestima e melhora o equilíbrio. O resultado de uma prática regular e continuada deste tipo de dança são umas pernas mais torneadas, um ventre mais liso, braços mais tonificados e um corpo mais firme.

A modalidade mais mediatizada é o chamado pole dance performativo, uma dança sensual e acrobática executada em redor de uma barra metálica vertical, muito comum nas casas noturnas de striptease. Os especialistas recomendam, no entanto, o pole dance fitness, modalidade que trabalha toda a musculatura do organismo, permitindo queimar entre 350 a 400 calorias por hora. A diferença entre os dois reside, sobretudo, nos gestos que são executados.

No pole dance performativo, os movimentos são mais encenados, mais lentos e mais sensuais. No pole dance fitness, os gestos aproximam-se dos de uma verdadeira sessão de treino físico, utilizando o varão como um acessório complementar. Além dos bíceps e do abdómen, este tipo de dança trabalha também os glúteos e a região pélvica, tonificando-a. Ao fim de três meses de prática regular, os resultados são visíveis.

O que se perde e o que se ganha com o pole dance

O equilíbrio e a resistência são maiores e a respiração flui com mais facilidade mas o que salta mais à vista são as mudanças no organismo. Perde-se gordura e ganha-se massa muscular. Para potenciar os seus efeitos, uma boa solução passa por executar exercícios de inversão, feitos com a cabeça para baixo com as pernas esticadas, para trabalhar mais o abdómen e as pernas. Exercícios de equilíbrio realizados com os pés longe do chão também operam resultados milagrosos.

Apesar das suas vantagens, este tipo de dança não é recomendada a pessoas com contusões e com complicações nas articulações nem a indivíduos com problemas na coluna ou hérnias discais. Além dos benefícios físicos, o pole dance tem também comprovadas vantagens no que se refere ao bem-estar psicológico, contribuindo nomeadamente para o aumento da autoestima das mulheres, sobretudo devido ao facto de ser uma dança libertadora e relaxante.

artigo do parceiro:

Comentários