Acupunctura Dourada

Na luta contra os sinais de envelhecimento, a acupunctura facial é um aliado de peso.

A associação do ouro a esta técnica torna-a mais apetecível pela ideia de luxo e de nobreza que a acompanha.

A especialista em acupunctura facial com agulhas de ouro Linda Carter revelou o modo como é possível conseguir um rosto rejuvenescido, ou simplesmente impedir o seu envelhecimento prematuro, através da aplicação de técnicas ancestrais, reservadas em tempos apenas para a realeza chinesa e para a elite, agora acessíveis e mais democratizadas.

Esta terapeuta, que já cuidou de muitas celebridades, incluindo Angelina Jolie, Julianne Moore e Sean Connery, especializou- se em rejuvenescimento facial através da acupunctura com agulhas de ouro para satisfazer os pedidos de homens e de mulheres que se preocupam com os efeitos do envelhecimento e desejam uma alternativa natural para a cirurgia invasiva e para os procedimentos químicos.

Uma prática que é cada vez mais procurada em todo o mundo, tanto por mulheres como por homens, de faixas etárias indiferenciadas. Esta adesão pode ser explicada pelo facto de a acupunctura ser benéfica em qualquer idade mas servir, essencialmente, para prevenir o envelhecimento facial e combater os primeiros sinais da idade.

Procedimento rejuvenescedor

Linda Carter, a especialista em rejuvenescimento facial, explicou- nos a forma como decorre um procedimento de acupunctura facial com agulhas de ouro. “O cuidado começa com uma consulta pessoal, em profundidade, na qual o terapeuta determina o tipo de pele e o bem-estar interior do cliente, ao mesmo tempo que estrutura um programa personalizado para obter o máximo de resultados”.

Nesta consulta inicial, o especialista deve considerar diversas variáveis, tais como: o estilo de vida, a dieta, o sono, a digestão, a menstruação (no caso das mulheres) e a constituição, pois essa informação permitir-lhe-á personalizar o cuidado. Nesta fase, também é importante que o profissional perceba quais são as expectativas do cliente, se estas são realistas e faça a gestão adequada.

Normalmente, os clientes têm uma área específica do seu rosto que querem trabalhar. As áreas mais solicitadas para aplicar este procedimento são, naturalmente, a zona ocular (pés de galinha) e a zona labial e circundante ao nariz, onde as rugas são mais evidentes.

Esta técnica pode ser aplicada tanto numa área específica do rosto como em toda a face (rejuvenescimento geral do rosto). A escolha de uma destas situações por parte do especialista deverá ser determinada juntamente com o cliente. “As características de cada pessoa, tais como o tipo de pele, a idade, entre outras, serão factores determinantes a ter em conta”, refere Linda Carter.

Depois de delineado o programa a seguir, o terapeuta higieniza a área a tratar e aplica um pouco de hidratante sobre a superfície da pele do cliente. As agulhas de ouro são, então, habilmente inseridas em pontos específicos do rosto e manipuladas para despertar os músculos, de acordo com as necessidades particulares de cada pessoa.

Essa inserção é praticamente indolor. “A sessão pode continuar, opcionalmente, com a electroestimulação que refirma e reforça os músculos, particularmente nas áreas onde as rugas de expressão são mais vincadas”, revela a terapeuta Linda Carter.

Saiba mais na próxima página

Durante o período, de cerca de 40 minutos, em que as agulhas permanecem no rosto e decote do cliente, a circulação sanguínea aumenta à superfície, o que resulta, de imediato, num aumento da produção de colagénio e numa renovação celular. Por último, as agulhas são retiradas cuidadosamente e descartadas.

Depois poderá ser estabelecido um esquema de manutenção em que a duração do tempo de pose das agulhas será mais reduzido, podendo até ser integrado na pausa para almoço de um dia agitado.

Pontos-chave na acupunctura facial

Nesta técnica de rejuvenescimento, o número de agulhas utilizadas irá depender de pessoa para pessoa, no entanto, existem alguns pontos específicos onde estas devem ser colocadas:

Músculo frontal

Normalmente é colocada uma agulha no centro deste músculo, uma vez que este é um ponto de relaxamento. Este ponto promove um relaxamento imediato que faz aumentar a receptividade, no que diz respeito à inserção das restantes agulhas. No caso de pessoas que receiem agulhas, este ponto é o indicado para neutralizar ou minimizar esse medo.

Linha do cabelo

São inseridas algumas agulhas na linha do cabelo que demarca o couro cabeludo, assim como no topo da cabeça. Estas vão contribuir para um aumento da energia.

Zona ocular

Sob cada olho são colocadas, normalmente, três agulhas, pois é nesta zona que se encontra o principal tecido muscular da face. As agulhas não devem ser colocadas muito perto dos olhos, pois esta é uma zona muito sensível.

Se estiverem demasiado próximas dos olhos, existe o risco acrescido de esta área ficar magoada. A possibilidade de o cliente sangrar ou ficar com nódoas negras é rara, mas pode acontecer.

Técnica para todos

Este procedimento pode ser aplicado em pessoas, homens e mulheres, que tomem medicamentos, e em pessoas com epilepsia, que não podem realizar cuidados de rejuvenescimento electrofaciais, podendo ainda ser realizado em mulheres grávidas.

Este é um factor muito positivo, pois durante a gestação existem muitas terapias e técnicas que são contra-indicadas. Para essas mulheres que, devido à gravidez, se sentem cansadas, inchadas e até pouco atractivas, a acupunctura facial pode facilmente devolver-lhes a auto-estima perdida.

Da pedra ao ouro

A acupunctura é uma arte milenar, assim, do mesmo modo, as agulhas que são utilizadas na sua prática também já foram fabricadas com os mais diversos materiais ao longo da História. As primeiras agulhas de que se tem conhecimento eram bastante primitivas, feitas de pedra lixada, seguindo-se as agulhas feitas de espinhas de peixes.

Saiba mais na próxima página

As agulhas de cobre surgiram há cerca de 4 mil anos. Nesta época, o ouro já existia mas era um material usado apenas pela nobreza em procedimentos de acupunctura. Ao longo da História, o ouro tem sido venerado pelas suas propriedades benéficas no campo da saúde. Actualmente, este metal precioso tem-se tornado cada vez mais importante no que respeita aos cuidados médicos e estéticos mais modernos.

A acupunctura com agulhas de ouro promove a produção de colagénio ao redor do local de inserção. Ideal para conseguir uma pele mais firme, combate os efeitos do envelhecimento. É ainda particularmente indicada para os indivíduos alérgicos ao aço inoxidável ou para aqueles que têm uma pele sensível.

O ouro é muito resistente às bactérias e, portanto, na antiga China, antes de a acupunctura ser realizada com agulhas descartáveis, eram usadas agulhas de ouro, pela imperatriz e pelo imperador, como um sinal de riqueza e de status. Depois surgiu a prata, que foi considerada, na altura, o melhor material para fabricação de agulhas por não criarem ferrugem, ter longa duração e um custo menor.

Actualmente, o material mais comum para a fabricação das agulhas é o aço inoxidável devido à sua duração, ao facto de não enferrujar mas, principalmente, porque este material é muito flexível. Hoje existem também muitos profissionais que utilizam, na sua técnica de acupunctura, agulhas em aço inoxidável, banhadas a ouro ou a prata.

Deste modo, aliam os benefícios e a flexibilidade do aço inoxidável aos benefícios destes metais preciosos, conferindo ainda um toque de luxo ao procedimento. De facto, estas agulhas permitem que, ao serem retiradas, permaneçam partículas do metal precioso, rico em minerais, junto à pele.

As agulhas utilizadas actualmente são todas descartáveis, esterilizadas e de uso único. Para além disso, antes de inserir as agulhas, o acupunctor deve fazer a higienização das suas mãos e do local de inserção das agulhas.

Benefícios estéticos

• Ajuda a eliminar as rugas finas de expressão.

• Atenua as rugas profundas do rosto e do pescoço.

• Reduz os papos e proporciona firmeza à pele.

• Atenua olheiras acentuadas.

• Auxilia na redução do queixo duplo.

• Corrige as pálpebras descaídas.

• Estimula a circulação sanguínea e linfática.

• Fornece elasticidade e luminosidade à pele.

• Estimula a produção de elastina e colagénio.

• Promove o metabolismo e a oxigenação celular.

Os segredos de Linda carter

Linda Carter, formada em Medicina Tradicional Chinesa e membro do International Institute of Anti-Aging, em Londres, recomenda que, “após a realização da sessão de acupunctura no rosto, sejam efectuados exercícios faciais com o objectivo de se tonificar a estrutura muscular”.

Saiba mais na próxima página

Estes exercícios são um excelente modo de manter os resultados do procedimento em casa. Aqui ficam alguns exemplos de exercícios básicos e simples que promovem a
irrigação da circulação sanguínea:

- No caso de se ter um pescoço com muitas rugas deve-se abrir bem a boca, inclinar o pescoço para trás e fechar a boca de seguida. Com este exercício sente-se verdadeiramente os alongamentos dos músculos do pescoço.

- Para as rugas ao redor dos lábios e do nariz, executar movimentos como abrir bem a boca e depois fechá-la de seguida. Estes vão permitir exercitar o músculo orbicularis oris, circundante aos lábios.

- Para exercitar a zona ocular e as pálpebras devem ser executados movimentos simples, tais como abrir bem os olhos durante um tempo.

Corpo são em mente sã

A acupunctura de rejuvenescimento facial actua não só na face mas também nos factores subjacentes que contribuem para o processo de envelhecimento. Alguns órgãos do corpo humano podem sofrer um desequilíbrio energético que resulta em sinais evidentes passíveis de serem observados no rosto dos clientes.

O especialista deve estar, portanto, atento a estes indícios. Por exemplo, uma pessoa que tem a pele seca pode sofrer de desequilíbrios energéticos nos rins, ou uma pessoa que tem uma descoloração ao redor dos olhos pode ter distúrbios no sistema digestivo.

Nesses casos, para conseguir que a pele do rosto se encontre na sua condição máxima, o terapeuta deve cuidar também esses órgãos. O equilíbrio é restituído quando a energia dos mesmos é desbloqueada.

De acordo com Linda Carter, “é importante realizar, a par da técnica da acupunctura facial, alguns cuidados no corpo, porque é a saúde geral da pessoa que se reflecte no rosto”.

Para além disso, esta profissional recomenda para cada pessoa, “um regime específico de cuidados para a pele”. Na acupunctura direccionada para o corpo são inseridas agulhas nos pontos-chave para aumentar o fluxo de energia através do mesmo.

Texto: Patrícia Velez Filipe
Terapeuta: Linda Carter, especialista em rejuvenescimento e acupunctura facial
Fotografia: Alexandre Sá
Agradecimentos: Incredible You, Londres

artigo do parceiro:

Comentários