Acne pós-verão

Saiba como manter a sua pele permanentemente limpa para o evitar

No fim do verão, uma das queixas dermatológicas mais recorrentes é o agravamento da acne e o reaparecimento de imperfeições na pele, muitas vezes motivadas por uma exposição solar excessiva.

A acne, que tem vindo a afetar mais pessoas adultas, é uma doença crónica da pele resultante de influências hormonais e genéticas, que tem origem nos folículos pilo-sebáceos.

As lesões inflamatórias são provocadas pela formação do comedão (acumulação de sebo no folículo pilo-sebáceo). O sol, ao contrário do que possa pensar, não é bom para as borbulhas. Na verdade, a época balnear é, segundo o dermatologista e membro do Portuguese Acne Advisory Board, António Massa, um período que requer atenção redobrada no tratamento da acne. «Com o sol, a pele fica mais grossa e, como tal, torna as lesões mais profundas», refere.

«Isto justifica o seguimento do tratamento da acne nesta época do ano para manter aberto o folículo e facilitar a drenagem do sebo que se forma em excesso», sublinha ainda o especialista. Embora o sol melhore inicialmente o aspecto das borbulhas e imperfeições (seca-as), ao fim de algum tempo acaba por obstruir os folículos pilo-sebáceos (onde a acne tem origem), levando ao (re)aparecimento de lesões inflamatórias.

Para reduzir a possibilidade de irritação cutânea, tome as seguintes precauções:

- Não lave a pele mais de duas vezes por dia.

- Certifique-se que todos os seus produtos dermatológicos (hidratantes, protectores solares e cosméticos) são não comedogénicos (não obstroem os poros).

- Verifique o rótulo do produto, leia atentamente o folheto e/ou peça conselho ao seu dermatologista em caso de dúvida.

- Evite fórmulas potencialmente irritantes (esfoliantes granulados, produtos de limpeza abrasivos e agentes de secagem fortes, adstringentes ou à base de álcool).

- Evite apanhar sol, vento ou frio em excesso.

- Nunca esprema os pontos brancos/negros, pois aumenta o risco de cicatrizes.

3 passos essenciais para cuidar da pele após o verão

1. Limpar

Use um gel de limpeza com ácido salicílico: penetra nos poros e liberta as impurezas. Evite as fórmulas com álcool e os esfoliantes granulados, que desidratam a pele, levando-a a produzir mais óleo para compensar. Não se esqueça de repetir o gesto à noite. A pele não pode renovar-se adequadamente se não estiver limpa.

2. Tratar

De manhã, aplique um hidratante oil-free (é importante hidratar a pele sem lhe fornecer gordura) e, à noite, opte por um produto de tratamento com alfa-hidroxiácidos (AHA), como o ácido glicólico. Os AHA esfoliam os poros, eliminando impurezas e células mortas, ao mesmo tempo que hidratam a pele. Uma vez por semana, aplique uma máscara purificante.

3. Corrigir

Para corrigir as imperfeições, aplique-lhes directamente uma fórmula SOS (corretor de borbulhas) à base de ácido salicílico ou peróxido de benzoílo. Estes ingredientes matam as bactérias à superfície e reduzem a inflamação.

Texto: Fernanda Soares

artigo do parceiro:

Comentários