6 conselhos que cuidam da pele e (ainda) fazem poupar dinheiro

Hoje em dia há cremes para tudo. Nem sempre há é dinheiro para os conseguir adquirir a todos. Veja as soluções a que pode correr para fazer as melhores opções!

Não facilite. Limpe, trate e previna. Não passe mais de 12 horas sem aplicar algum tipo de produto ou tratamento na sua pele. Este é um conselho fundamental partilhado por muitos dermatologistas e especialistas em beleza. Se não tem, no entanto, a possibilidade de comprar todos os cremes que desejaria, pode sempre fazer as escolhas que mais se adequam à sua carteira, sem prejudicar a sua epiderme.

1. Use protetor solar ou um creme com proteção solar 365 dias por ano. Além de hidratar e proteger a pele, substituindo outro creme hidratante, essencial para prevenir danos que se revelam sob a forma de rugas, manchas ou cancro da pele.

2. Usufrua ao máximo do seu hidratante de corpo. Aplique-o com a pele húmida, imediatamente após o duche, para reter mais a humidade, prolongando a hidratação da pele.

3. Limite o número de linhas de produtos que usa. Não use mais de uma ou duas em simultâneo. Além de gastar menos dinheiro, não corre o risco da formulação de umas poder interferir com a das outras.

4. Use produtos dois em um. Cremes hidratantes com fator de proteção solar, champô com amaciador, gel de duche para corpo e cabelo e sombras que também são blush são escolhas inteligentes e económicas.

5. Tenha em mente que algo mais caro não é necessariamente mais eficaz. Num estudo recente de qualidade, foi considerado que o melhor creme hidratante era de uma marca branca de supermercado.

6. Ao eleger um creme antirrugas, procure ingredientes como vitamina A e alfahidroxiácidos. À noite, use produtos com retinoides ou péptidos. Este tipo de componentes revelam-se escolhas acertadas.

artigo do parceiro:

Comentários