O casamento da bloguer Stylista

Maria Guedes é mais conhecida pelas suas escolhas e estilo próprio que revela diariamente no blogue: Stylista. Casou há 3 meses e revela-nos agora todos os segredos de um casamento que não estava planeado.

Como é que te pediram em casamento? Onde estavas?

O Miguel levou-me a um género de 'jantar de empresa' no restaurante Darwin, na Fundação Champalimaud, em Novembro do ano passado. Quando lá cheguei o restaurante estava fechado, e na Fundação só estava a equipa de seguranças. Levou-me para o anfiteatro ao ar livre - todo decorado com velas, pela minha amiga Sofia Cotrim - e ali, debaixo de uma enorme lua cheia e sem ponta de vento ou chuva (tudo estudado!) leu-me uma carta que escreveu - sobre mim e sobre nós - e ofereceu-me um anel lindo que era da avó. Os seguranças estavam perfeitamente alinhados com o pedido, apagaram as luzes todas e deixaram-nos só com aquelas velinhas durante uns bons - e muito emocionantes - 10 minutos.

Era um pedido que aguardavas há muito tempo?

Nada! Achei que já iamos para o 2º filho e quando estivessemos velhotes e sem nada de divertido para fazer, lá poderíamos pensar nisso. Acho mais divertido - e com mais significado - celebrar o 'estarmos juntos' quando já passamos por uma série de coisas juntos.

Como reagiste? Foi um sim imediato? Ou...estiveste dois ou três segundos no limbo?

Sim, de caras! Aliás, o 'sim' a este compromisso já foi dado muito antes quando assumimos uma vida a dois e um filho. Este foi só um reforço simbólico.

Recorreste a alguma empresa para organizar o casamento, ou arregaças-te mangas e para a frente é que é caminho?

A Festa Aluga fez quase tudo mas nós os dois também nos envolvemos muito.

E no grande dia....há sempre uma questão que me dá curiosidade. Precisam ou não precisam os noivos de tomar um "xanax"...para dormir na véspera?

Eu tomei na véspera - não me fez nada! - e na ante-véspera.

Estava muito nervosa. Sem razão nenhuma, à minha frente só tinha uma festa cheia de emoções e coisas boas mas estava preocupada com a organização, os timmings, os briefings dados aos fornecedores, etc. Estava com medo que não fosse agradavel para os convidados - é muito trabalho e um grande investimento; correr mal não é uma opção.
O facto de a festa ter sido na casa de família do Miguel fez com que o stress fosse maior; a casa não estava preparada - como estão os Hotéis ou Quintas de aluguer - para este tipo de eventos. O trabalho foi muito maior.

Correu tudo como planeado ou houve algum percalço?

Não houve nenhum percalço felizmente! Correu tudo bem. Até a temperatura colaborou (foi tudo ao ar livre, dia 30 de Agosto em Setúbal, onde costuma estar vento e frio à noite).

E em relação a presentes...optaste por lista ou deixaste ao critério de cada um?

Resolvemos ser práticos e demos só o NIB para a nossa Lua de Mel.

B.I do Casamento: #guedesheredia Fato do Noivo: Oficina Mustra Local do Casamento: Setúbal, Quinta do Galoé Igreja: Foi cerimónia civil, na mesma Quinta. Vestido da Noiva: Maria Guedes Sapatos da Noiva: Michael KorsAlianças: Eternis Florista: Graça O'NeilL

Espreite a galeria com todos os detalhes e pormenores do Casamento #guedesheredia e inspire-se.

artigo do parceiro:

Comentários