Etiqueta para casamentos

Tudo o que deve saber

O casamento é um dos momentos mais importantes na vida do casal e das suas famílias, devendo ser disfrutado da melhor maneira. No entanto, é uma cerimónia que não dispensa algumas formalidades e regras de etiqueta. Algumas relativas aos noivos, mas na sua maioria dirigidas aos convidados, a Strazzera elaborou uma lista dos principais procedimentos que devem orientar o processo de preparação do casamento e o dia da cerimónia, sendo que todas as regras têm exceções.

Etiqueta e formalidades para os noivos:

- Não é obrigatório para os noivos convidarem pessoas só porque foram ao seu casamento. Devem convidar apenas os familiares e amigos mais próximos, podendo sempre justificar-se com o número limitado de convidados.

- Nos dias que correm, não se exige que sejam servidos no copo d'água os típicos pratos consensuais, como o bacalhau ou o cabrito. Também faz parte da etiqueta oferecer aos convidados uma cerimónia e uma festa divertida e não monótona. Surpreenda-os com uma nova versão de um prato tradicional ou aposte numa inovação.

- Se o branco não for do agrado para a noiva, poderá optar por uma cor do vestido que melhor se adapte à sua personalidade, e o mesmo se aplica aos acessórios como os sapatos.

- Na preparação da festa, é aconselhável aos noivos fazerem um esquema da sala da receção, dividindo os convidados por mesa para depois decidirem os melhores lugares para cada um. Devem colocar um número de convidados ímpar em cada mesa, pois as pessoas tendem a conversar mais se não estiverem em pares, e verificar os interesses e compatibilidade de cada convidado. 

- Os noivos devem ter em conta um espaço especial para as crianças, tanto na cerimónia como na receção (sem esquecer um menu específico para os mais pequenos).

Deveres dos padrinhos e madrinhas:

- O padrinho e a madrinha devem organizar as despedidas de solteiro e de solteira, respetivamente.

- Não é obrigação dos padrinhos oferecer algo específico, mas sim acompanhar e apoiar os noivos ao longo de todo o processo.

- O padrinho e madrinha devem ter uma atitude calma, perante os momentos de maior preocupação e nervos.

- O padrinho poderá ter de assumir a função de ajudar os convidados a tomar os seus lugares, entregando os missais, caso seja uma cerimónia religiosa.

- Durante a cerimónia, a madrinha deve assegurar-se que a noiva está sempre no seu melhor, desde os cuidados com o véu, a ajustar o vestido ou a compor a maquilhagem ou o penteado.

- O padrinho coloca-se ao lado direito do noivo, entregando-lhe as alianças na altura certa, sendo que a madrinha deve ser a responsável pelo ramo da noiva durante a cerimónia.

- Na receção do casamento, o padrinho deve fazer um pequeno discurso.

Na cerimónia do casamento:

- Os convidados devem chegar pelo menos 20 minutos antes da hora marcada.

- Se chegar atrasado, deve tentar ficar discretamente no fundo do local da cerimónia, para que não a perturbe de alguma forma, e sentar-se com a maior discrição possível.

- Os convidados devem sempre à cerimónia e não permanecer no exterior do local. Deve-se respeito aos noivos.

- Tradicionalmente, o lado esquerdo do local da cerimónia pertence à noiva e o lado direito ao noivo. Contudo, é cada vez mais recorrente os noivos não seguirem esta regra, por várias razões como haver uma grande diferença entre o número de convidados de cada um ou porque preferem não ter lugares reservados (ou apenas parcialmente reservados).

- A noiva deve caminhar até ao altar acompanhada pelo pai do lado direito

- Se a noiva for tão próxima do pai como do padrasto, (embora a etiqueta diga que uma noiva nunca deve de ir acompanhada por dois homens para o altar) pode simplesmente homenagear os dois, acompanhando-a um de cada lado.

- Depois de a levar até ao altar, o pai da noiva deverá levantar o véu e dar-lhe um beijo.

- Na saída da cerimónia, os noivos devem sair em primeiro lugar, seguidos do menino das alianças e da menina das flores e dos padrinhos e madrinhas. Os restantes convidados saem depois.

Na receção/copo d'água:

- No local escolhido deve estar alguém com a função de receber os convidados, visto que depois da cerimónia os convidados podem chegar mais cedo que os noivos. Também devem ser planeados cocktails e aperitivos para os receber, de preferência antes da sua chegada.

- Os noivos devem ser os últimos a chegar ao copo d'água, devidamente anunciados.

- Por muito espontâneo e divertido que possa parecer deixar os convidados escolherem os seus lugares, é algo que causará uma grande confusão e até pode deixá-los desconfortáveis. Deve optar por organizar as mesas dos convidados, agrupando-os e depois sim, deixando-os escolher onde se sentar na mesa que lhe foi atribuída.

- Os noivos devem ser os primeiros a ser servidos e a iniciar a refeição.

- Após a refeição e os discursos dos pais dos noivos, padrinhos e dos noivos, corta-se o bolo.  A mão direita do noivo sobrepõe-se sobre a mão direita da noiva cortando assim a primeira fatia de bolo juntos. De seguida, a noiva leva uma pouco de bolo à boca do noivo, ficando a restante fatia para a noiva. acompanhado de café ou champanhe, resto do bolo é servido aos convidados.

- O brinde aos recém-casados não pode faltar.

 

Os presentes de casamento:

- Caso receba um convite de casamento, deve sempre enviar um presente, mesmo que não possa comparecer.

- O presente de casamento deve ser proporcional ao número de pessoas que os noivos indicam no convite. No entanto, aplica-se a velha frase "O que conta é a intenção", na medida em que 

- Para saber as preferências dos noivos, ou onde está a lista de presentes, deve contactar a madrinha de casamento, pais dos noivos, e em último recurso, aos próprios noivos, para saber onde está a lista de presentes de casamento ou o que eles preferem receber.

artigo do parceiro:

Comentários