Casamento Solidário

Esta altura é talvez a altura do ano com mais ações solidárias. Todos nós contribuímos por uma ou outra razão para uma causa. Porque não fazer do nosso casamento uma festa solidária?

Dar e receber é cada vez mais necessário ao bom funcionamento da sociedade. Numa altura em que o casamento, não digo que na maioria das vezes (porque não tenho dados estatísticos que o comprovem), é um acto de celebração, uma festa para formalizar uma união que muitas vezes já tem anos, casa montada e filhos crescidos.

Porque não fazer uma festarola solidária em que os presentes de casamento se transformam em doações para uma instituição?

É uma ideia gira, original e com uma responsabilidade social enorme.

Mesmo que os noivos não queiram doar todo o dinheiro ou montantes recebidos a uma instituição podem sempre definir uma percentagem a oferecer. Há pelo nosso país fora centenas de instituições e causas que precisam do nosso apoio e dedicação.

Fica o mote: se casar em breve pense nisto. Tenho uma amiga que no seu casamento fez algo parecido com a instituição Operação Nariz Vermelho. Na altura todos tiraram fotografias com o nariz de forma a ficarem, não só, com a recordação do casamento, mas também com a prova do seu envolvimento com a causa.

Sou cada vez mais a favor de um envolvimento próximo com causas sociais. Na verdade: what goes around, comes around!  

Quiosque do Ken

artigo do parceiro:

Comentários