Casamento 'Low Cost'

Os sonhos não podem esperar e em tempo de crise há que ser criativo e original. Será assim tão difícil casar em tempos de crise? Nestas alturas há que ser criativo, original e explorar todas as opções.

Quando o dinheiro não abunda e a vontade é muita a obra acontece. É o mesmo que dizer: se sonha casar e se encontrou o par perfeito, não deixe esse sonho para amanhã só porque tem um orçamento apertado. Atente nestes 10 pontos e prepare-se para ser muito criativo:

1. Escolha muito bem o local:

Grande parte do orçamento dos casamentos vai para o espaço da "boda". Se não tem dinheiro para grandes aventuras opte por casar em casa ou num bom restaurante. Hoje em dia há restaurantes com um óptimo serviço de almoços e jantares buffet. E no limite pode sempre reservar o melhor "brunch" da cidade só para si. É diferente e original.

2. Case a um dia de semana:

Evite fins de semana e meses "típicos" para casar. Nessas alturas a procura é maior e os preços estão inflacionados. Case num dia de semana, ao jantar por exemplo e garante com antecedência a presença dos seus amigos mais queridos e familiares. 

3. Prepare uma cerimónia intima:

Faça do seu casamento um evento exclusivo. É apenas para alguns. Lembre-se que quantos mais convidados tiver, mais cara lhe vai sair a cerimónia. E no final, se este dia é para ser uma festa, recorde que não vai conseguir dar atenção a todos os convidados.

4. Poupe na decoração:

Less is more é o lema. Opte por uma decoração simples e sem grande extravagância. Na hora de escolher as flores, veja preços e explore todas as opções. Orquídeas verdadeiras e em vaso, por exemplo, são baratas e fazem arranjos de mesa fantásticos.

5. A roupa dos noivos:

Tem de ser para lá de espetacular. Tem. Mas não é preciso custar milhares de euros, há vestidos de noiva e fatos de noivo a preços bem simpáticos. Na hora de escolher opte por vestidos "prêt à porter" e não deixem de ver fatos de noivo em lojas de moda generalizada. Acreditem que as opções são mais que muitas.

6. Fotografias e Vídeo:

Ora aqui está algo onde não se pode poupar. É bom garantir um bom fotógrafo, mas bom não é necessariamente sinónimo de caro. Sabemos que estes serviços são caros por natureza e encarecidos sempre que se profere a palavra: casamento. Assim sendo na altura de contratar, contrate um fotógrafo por um determinado número de horas - explique-lhe que é um jantar comemorativo, verá o orçamento baixar de forma considerável.

7. Animação Musical:

Das duas uma, ou contrata um DJ amigo que sabe exatamente que tipo e estilo de música gostam os noivos, ou pode optar por uma playlist criada por vocês para o momento. 

8. Carro dos Noivos:

Não tem de ser uma máquina, um carrão. É só um meio de transporte entre o local da cerimónia e a porta para a Lua de Mel. Explorem todos os vossos amigos e percebam se alguém vos pode emprestar um carro.

9. As ofertas a convidados:

Optem por algo simples, criativo e que possa ser usado. Numa era em que todos temos máquina de café em casa, porque não oferecer aos convidados uma cápsula de café com um convite de visita?

10. Vá para fora cá dentro:

A Lua de Mel não tem de ser uma extravagância. Lembre-se que vão ter uma vida inteira juntos para desfrutar de tudo e de mais alguma coisa. Assim sendo olhem bem para o Norte e Sul do país, passem os olhos pelas ilhas e escolham uma opção. Há tantas. Podem encontrar algumas sugestões aqui.  

Quiosque do Ken

artigo do parceiro:

Comentários