3 mitos da queda de cabelo que a têm andado a enganar

Há crenças muito comuns que, afinal, são falsas e que, ao contrário do que poderia pensar, não prejudicam em nada as suas hastes capilares. Saiba já quais são!

Antigamente, acreditava-se que lavar o couro cabeludo com sabão azul e branco fortalecia o cabelo. Hoje, a opinião quase generalizada de dermatologistas e cabeleireiros, apesar de ainda haver resistentes, é que a utilização desse produto danifica e seca as hastes capilares, enfraquecendo-as. Do mesmo modo que esse mito acabou por ser deitado por terra, com o passar do tempo, outros foram surgindo.

De acordo com Robert Leonard, especialista em tratamentos contra a alopécia (queda do cabelo) nos Estados Unidos da América, também existem várias crenças infundadas e sem qualquer base científica sobre a queda de cabelo. Conheça três das mais comuns e deixe de acreditar em mitos:

1. Lavar o cabelo em excesso

Os cabelos que caem no duche já estavam soltos e não são arrancados pelo jato de água. Lavar o cabelo diariamente é uma das melhores formas de manter os folículos saudáveis.

2. Usar protetores solares capilares

Não só não debilita o cabelo como protege-o, sobretudo quando é um cabelo fino. O sol, esse sim, pode propiciar a calvície.

3. Expor-se ao sal e ao cloro

Apesar de poderem aumentar transitoriamente a fragilidade ou secura do cabelo, não provocam alopécia.

artigo do parceiro:

Comentários