Champôs sem sulfatos são nova tendência

As marcas estão a apostar cada vez mais neste tipo de produtos. Saiba o que os distingue e aprenda a tirar partido das suas potencialidades

Apague da memória a imagem do anúncio em que a modelo massaja vigorosamente um cabelo cheio de espuma. Os champôs sem sulfatos garantem uma limpeza suave, mas eficiente, com muito pouca ou nenhuma espuma. A não ser que viva fechada numa redoma, já deve ter reparado que a beleza natural, orgânica ou livre de químicos veio para ficar. E ainda bem. Porque, ironicamente, mulheres como nós, com o cabelo pintado ou tratado quimicamente, não nos damos bem com produtos de cuidado capilar repletos de químicos, que o tornam seco, encrespado e frisado.

E sabe qual é um dos maiores culpados desta situação? A resposta tem apenas um nome. O sulfato, o ingrediente responsável pela espuma dos champôs. Como sabemos que, provavelmente, passaria horas no corredor dos champôs a ler rótulos até descobrir o melhor, simplificámos-lhe a escolha e não só desvendamos os mistérios por trás desta categoria de champôs como lhe sugerimos aqueles de que mais gostamos.

Sulfate free é uma tendência em crescimento

«Os sulfatos são os responsáveis pela formação de espuma num champô. Têm uma ação de limpeza eficaz, facilitando a remoção de impurezas do cabelo e a oleosidade do couro cabeludo», explica Liliana Alves, diretora técnica da Schwarzkopf Professional. Na opinião da profissional, estas substâncias não apresentam qualquer risco para a saúde mas, quando estão presentes em grande quantidade num champô, removem o manto hidrolipídico da pele. Tal sucede devido à sua ação desengordurante, podendo provocar irritação do couro cabeludo e desvanecimento da cor do cabelo.

Felizmente, não é caso para alarme, uma vez que «hoje em dia, os champôs com sulfatos, para além de conterem esta substância em menor quantidade, compensam com nutrientes, proteínas e lípidos que minimizam estas reações», refere Liliana Alves. Ainda assim, há vantagens na eliminação deste ingrediente. Embora custe a acreditar que um champô que praticamente não faz espuma atinja uma limpeza eficiente, a verdade é que os champôs sem sulfatos não só melhoram a saúde dos cabelos quanto ao aspeto, como mantêm a hidratação natural do couro cabeludo e, por consequência, não causam irritações e reduzem a queda capilar.

Sulfato versus sal

São várias as marcas a usar a designação sem sal nos seus champôs. No entanto, esta referência não determina se um champô tem ou não sulfatos. Refere-se, na maioria das vezes, à ausência de cloreto de sódio, o vulgar sal que usamos para cozinhar. Para não comprar gato por lebre, o melhor é analisar bem os ingredientes discriminados na embalagem.

Caso o produto contenha alguma das seguintes substâncias, não pode ser considerado sulfate free:

- Sodium Lauryl Sulfate (SLS ).

- Sodium Laureth Sulfate (SLES ).

- Sodium Myreth Sulfate.

- Sodium Myristyl Sulfate.

- Ammonium Lauryl Sulfate (ALS ).

- Ammonium Lauryl Ether Sulfate (ALES ).

- Sodium Coco Sulfate.

Texto: Madalena Alçada Baptista com Liliana Alves (diretora técnica da Schwarzkopf Professional)

artigo do parceiro:

Comentários