6 dicas para evitar que o cloro da piscina danifique os seus cabelos

Saiba quais as dicas mais importantes que deve seguir para os dias maravilhosos de verão não trazerem estragos ao seu cabelo.

No verão é bastante normal que as tardes se encontrem marcadas pelas altas temperaturas que se fazem sentir, bem como pelo sol, o que leva aos mergulhos na piscina de forma a que consiga refrescar o corpo e a mente. Por isso é bastante normal que aproveite todas estas maravilhas que os dias quentes nos oferecem, embora não deva esquecer-se dos cuidados que ele também exige para manter o seu cabelo bonito e brilhante. Assim como a água do mar que prejudica o cabelo o cloro também não fica atrás e elimina a sua estrutura.

Isto deve-se ao facto de o cloro ser uma substância química utilizada para deixar a água da piscina sempre limpa e protegê-la de doenças. Apesar de ser ácido, o cloro por si só não é perigoso para os seus cabelos, mas em contacto com água acaba por tornar-se e por isso quando água entra no seu cabelo acaba por ser absorvida pelas células de queratina e torna-os inchados. Isto vai fazer com que a abertura da escama se exponha ao pH do cloro e o torne mais fraco, quebradiço, bem como, mais opaco.

Para saber o que deve fazer para que isto não aconteça ao seu cabelo vamos dar-lhe 6 dicas que o vão proteger do cloro da piscina.

- Se o seu contacto com a piscina é bastante frequente, deve ter em conta que o facto desta ser apertada pode fazer com que o seu cabelo possa partir ou então ganhar aquele frisado indesejado, por isso deve colar sempre uma touca de tecido antes de colocar a touca de látex. Isto vai impedir que os seus cabelos fiquem danificados e com vários nós, que acabam por ser difíceis de retirar.

- É essencial que passe o cabelo por água assim que sair da piscina, ou que utilize um shampô anti-resíduos, mas lembre-se que estes só funcionam se o seu cabelo não estiver pintado. Faça hidratações se tiver madeixas e utilize máscaras e amplos para dar uma ajuda extra ao seu cabelo.

- Como é essencial que passe o cabelo por água depois de sair, é também importante que o molhe antes de entrar na piscina, porque assim o seu cabelo já vai estar saturado de água e não vai evitar que este se misture com o cloro da piscina.

- Utilize protetores térmicos antes de mergulhar, para poder fechas as escamas do seu cabelo, especialmente os que contenham proteção solar e vitamina E.

- A parte do cabelo que acaba mais por sofrer, é sem dúvida as pontas. Se estas não estiverem hidratadas o suficiente, é muito difícil reverter os danos causados e nesse caso a única solução é mesmo cortá-las. Por isso lembre-se que é fundamental utilizar um reparador nas suas pontas.

- Por fim sempre pode optar por fazer uma cauterização ao cabelo. Esta é uma técnica de hidratação profunda que deixa o cabelo macio, suave e mais liso e que pode ser feito uma vez por mês ou de 15 em 15 dias. Isto vai eliminar o estrago do seu cabelo e torná-lo bonito e brilhante outra vez. Tenha apenas em conta que este só deve ser feito se o seu cabelo estiver realmente danificado, porque senão vai deixar-lhe o cabelo mais endurecido devido à existência de uma grande quantidade de nutrientes e proteínas.

Veja agora alguns produtos que a podem ajudar:

artigo do parceiro:

Comentários