Está grávida de 15 semanas – já só faltam 175 dias!

Rapaz ou rapariga? Agora já se pode ver.

Com cerca de 10 centímetros de comprimento, da cabeça até ao rabinho, o bebé pesa agora cerca de 70 gramas. Passa o seu tempo a inspirar e expirar líquido amniótico, o que ajuda ao desenvolvimento dos alvéolos dos pulmões. As pernas estão agora a ficar mais compridas do que os braços e o bebé consegue mexer todas as articulações e membros. Isto significa que as mãos são também mais funcionais. Começam a aparecer as glândulas sudoríparas e, embora as pálpebras continuem bem fechadas, já consegue aperceber-se da luz. Se apontar uma lanterna para a barriga, é provável que se desvie do foco de luz.

Se tiver uma ecografia marcada para as próximas semanas (a maioria das mulheres faz uma ecografia entre as 16 e as 20 semanas), poderá eventualmente já saber se é um rapaz ou uma rapariga! Mas não fique desiludida se tudo continuar um mistério. A determinação do sexo depende da nitidez da imagem e da posição do bebé durante a ecografia; pode estar enrolado ou virado de tal forma que não lhe permita sair do suspense.

Começam agora também a formar-se as papilas gustativas e um estudo realizado no Monell Chemical Senses Center, em Filadélfia, sugere que poderá ser capaz de sentir o sabor dos alimentos ingeridos pela mãe. Investigadores determinaram que os sabores dos alimentos tomados por mulheres grávidas alcançam o líquido amniótico.

Além disso, concluíram que a ingestão de alimentos saudáveis durante a gravidez poderá ajudar o bebé a desenvolver uma preferência por esses alimentos, possivelmente para toda a vida.

É mesmo verdade:

É ligeiramente mais provável que o seu bebé seja um rapaz do que uma rapariga. Em média, nos EUA, nascem 1.048 rapazes por cada 1.000 raparigas.

artigo do parceiro:

Comentários