Preparar a chegada de um irmão

Os conselhos da pediatra Mónica Braz

A chegada de um novo membro é um acontecimento que altera a rotina da família e pode gerar ansiedade, sobretudo na criança que, até então, era filha única.

 

Durante a gravidez, é importante que a criança contacte com bebés. Este convívio é importante para que ela crie alguns laços e se aperceba que estes não concentram todas as atenções.

 

«O objetivo é que esta familiarize-se com o novo membro da família, estando envolvida nas tarefas de preparação, nomeadamentea escolha do nome, a decoração do quarto e a compra do material e roupa necessáros», explica a pediatra. Antes e após o nascimento, os pais devem reforçar a ideia de que o seu amor por ela não está em causa nem vai diminuir, de forma a transmitir-lhe confiança.

 

«É também importante manter atividades que já tinham com a criança e passarem momentos a sós com ela» realça Mónica Braz. Há que dar-lhe responsabiliade e deixá-a ajudar a cuidar do irmão segundo as suas capacidades. Deixe-a, por exemplo, pegar no bebé ao colo em segurança, participar no banho ou na muda da fralda. «As crianças aprendem com as suas próprias escolhas. Se as consequências não foram perigosas, não interfira», conclui a especialista.

artigo do parceiro:

Comentários