Desinteresse pela escola

Os conselhos e as recomendações de um psicólogo clínico

Na adolescência, os jovens atravessam várias fases difíceis, que podem levar ao desinteresse pela escola.

De acordo com Fernando Lima Magalhães, psicólogo clínico, «é comum os pais criarem expetativas sobre os filhos, para estes prosseguirem uma carreira com base em formação académica».

«Esta é uma altura em que surgem muito facilmente crises pessoais, devido a questões de construção da identidade pessoal ou às habituais dificuldades sociais e amorosas. É proveitoso assistir a reuniões de professores, pois podem surgir questões que explicam a atitude da sua filha», refere ainda este especialista.

No caso de desorientação profissional, Fernando Lima Magalhães aconselha a procura de ajuda junto de um psicólogo. «É importante para a ajudar a identificar interesses, aptidões e atitudes para reequacionar (ou não) o tipo de estudo que está a seguir ou se outras possibilidades (como a formação profissional) são mais aliciantes», sublinha.

Na perspetiva do psicólogo clínico, podem existir outras questões que deveriam ser avaliadas por um técnico, como a autoestima do adolescente ou o seu estado de habitual humor.

artigo do parceiro:

Comentários