Amizade na puberdade

Como estimular as relações de amizade neste fase marcada por grandes transformações

Por volta dos 11 anos, o seu filho poderá estar a entrar na puberdade, altura de grandes transformações biológicas, psicológicas e emocionais.

Aumenta o interesse pelas atividades de grupo, mas também o medo e a incerteza de uma eventual rejeição dos pares.

 

O autoconceito está em construção, aumentando a sensibilidade para o fracasso ou erro. Se as relações sociais são inexistentes, é preciso compreender os problemas que podem estar a surgir, como ansiedade ou depressão, apoiando-o em possíveis medos e inseguranças habituais na idade, bem como definindo limites ao comportamento do seu filho (por exemplo, limitar o número de horas ao computador).

Fale com o seu filho sobre as suas preocupações, alerte-o para os perigos da Internet e procure desmontar os medos e dificuldades que ele possa sentir. Incentive-o e leve-o a praticar atividades extra-curriculares fora de casa, e facilite a possibilidade de estar com os colegas em casa.

Caso esteja a ficar efetivamente viciado no computador, pode ser necessária uma intervenção por parte de um profissional de psicologia.

Texto: Fernando Magalhães (psicólogo clínico)

artigo do parceiro:

Comentários