Treze crianças transportadas para hospital por causa de incêndio junto a escola

Treze crianças foram transportadas para o hospital do Barreiro com ferimentos ligeiros devido a um incêndio, já extinto, em anexos junto à Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclo do Álvaro Velho, Barreiro.
créditos: Lusa/Mafalda Leitão

"Ocorreu um incêndio em três anexos e algum canavial, numa zona contígua à escola. Não atingiu o edifício escolar, mas devido ao fumo muito intenso foi necessário evacuar a escola num total de 900 alunos, que foram deslocados para um local seguro por indicação da Proteção Civil", disse à Lusa Bruno Loureiro, adjunto de comando dos bombeiros Sul e Sueste, do Barreiro.

O incêndio ocorreu às 08:52, segundo disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, num zona de anexos que fica situada junto à vedação da escola, perto do pavilhão desportivo do estabelecimento.

Bruno Loureiro referiu que o incêndio causou ferimentos ligeiros em 13 crianças, que foram transportadas para o hospital do Barreiro. Nenhum caso é considerado grave.

"Treze alunos foram transportados ao hospital do Barreiro, 12 por inalação de fumos e um caso com um traumatismo na perna. São situações ligeiras, foram transportados por precaução ao hospital, mas não inspiram cuidados", afirmou.

Algumas já tiveram alta

Fonte do hospital do Barreiro confirmou à Lusa que deram entrada das crianças no serviço de urgência pediátrica. "Algumas já tiveram alta e sete estão em observação, mas são situações ligeiras e nenhuma irá ficar internada", disse.

Comentários