Sete municípios de Vila Real vão baixar IMI para ajudar as famílias

Sete dos 14 concelhos do distrito de Vila Real vão reduzir o Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), uma medida que na maioria dos municípios beneficia as famílias com filhos mas que em Mesão Frio se estende a todos.
créditos: AFP

“A autarquia de Mesão Frio recusa a possibilidade criada pelo Governo de descer IMI só para as famílias com filhos, aplicando a redução de forma generalizada para todos os imóveis, particulares ou de empresas”, salientou hoje, em comunicado, o presidente Alberto Pereira.

O município socialista vai descer a taxa do IMI em 10% para todos os imóveis do concelho.

“Considerando que inúmeras famílias têm dificuldades financeiras, esta medida visa ajudar não só as pessoas que têm filhos mas todos os agregados familiares de forma justa e imparcial. É intenção deste executivo que nos próximos anos, à medida que as condições financeiras o permitirem, continuar a reduzir os impostos às famílias deste concelho”, acrescentou o autarca.

Por sua vez, as câmaras de Boticas (PSD), Chaves (PSD), Montalegre (PS), Murça (PS), Peso da Régua (PSD) e Vila Real (PS) anunciaram uma descida da taxa a pagar pelas famílias com dependentes a cargo, que será de 10% para famílias com um dependente, 15% com dois dependentes e 20% com três ou mais dependentes.

“A autarquia tem conseguido garantir fontes de receita e financiamento que permitam fazer face aos seus encargos e investimentos, pelo que é de toda a justiça que aliviemos até ao limite das nossas possibilidades os encargos da nossa população, dando, assim, mais um sinal de que a nossa grande prioridade é garantir as melhores condições de vida possível para os nossos munícipes", afirmou o presidente da Câmara de Boticas, Fernando Queiroga.

Comentários