Sapo Kids tem novas apps e novos conteúdos educativos

Na área das aplicações foi anunciado o ABC do Sapo e o Comboio do Sapo, enquanto que a área de conteúdos vê nascer o Sapo Mail Kids e o Jogo dos Pares.

O ABC do Sapo e o Comboio do Sapo são as novas aplicações do SAPO Kids, desenvolvidas com o intuito de promover a aprendizagem da língua portuguesa e estimular o raciocínio.

 

 

Tratam-se de aplicações interativas e multiplataforma, assentes em jogos educativos e divertidos, dirigidos principalmente a crianças em idade pré-escolar. Com instruções e menus narrados em português, o ABC do Sapo pretende ensinar o alfabeto, novas palavras e sons, recorrendo a cartas com figuras representativas de animais, legumes, profissões e outras categorias. Já o Comboio do Sapo, ilustrado por desenhos feitos à mão, é composto por 10 jogos simples, onde os mais novos podem aprender enquanto brincam, nomeadamente a contar, a associar cores, a reconhecer os sons dos animais e dos instrumentos musicais, a reconhecer formas geométricas, entre outras tantas atividades. 

 

 

Ambas as aplicações, disponíveis em Portugal, Angola, Cabo Verde e Moçambique, foram desenhadas para smartphones e tablets com os sistemas operativos iOS e Android.

 

 

Já no que diz respeito aos conteúdos educativos, também foram anunciados novos projetos, como o Sapo Mail Kids, um serviço de email destinado, sobretudo, às crianças do 1º ciclo, que junta à segurança do serviço Sapo Mail um conjunto de ferramentas destinadas aos pais, para que estes possam definir regras adicionais de utilização do correio eletrónico dos próprios filhos; e o Jogo dos Pares, um jogo de cartas produzido em parceria com a empresa portuguesa Science4You e que consiste num único baralho de cartas com dois jogos, cujo objetivo é ajudar as crianças a treinar a memória e a sua capacidade de associação e ensinar-lhes as letras e as palavras. Com ilustrações desenhadas à mão, este jogo encontra-se à venda no Sapo Voucher (http://voucher.sapo.pt/) e nos quiosques da Science4you.

artigo do parceiro:

Comentários