Remoção de amianto das escolas de Viana já começou

As empreitadas de remoção das coberturas de fibrocimento de 11 escolas do primeiro ciclo e pré-escolar do concelho de Viana do Castelo já começaram e deverão estar concluídas até julho, revelou fonte autárquica.

No comunicado enviado à imprensa a autarquia liderada pelo socialista José Maria Costa, adiantou que o investimento ronda os 500 mil euros, adiantando continuar a aguardar aprovação da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), e do Ministério da Educação e Ciência (MEC) para a intervenção na EB1,2,3 Frei Bartolomeu dos Mártires.

"Relativamente à requalificação da Escola Frei Bartolomeu dos Mártires, foi já candidatada a intervenção, aguardando agora aprovação por parte da CCDR-N e do MEC", lê-se na nota enviada à imprensa.

As obras agora iniciadas foram anunciadas pelo presidente da Câmara Municipal, em outubro de 2014.

Na altura, explicou o autarca socialista, em três dos 11 estabelecimentos de ensino identificados pela autarquia já tinha sido concluída a "substituição integral das coberturas em fibrocimento".

Naquela ocasião, José Maria Costa explicou que "apesar das dificuldades económicas e financeiras" e da "ausência de financiamento do MEC e de fundos comunitários" o município decidiu avançar com aquela remoção face "às preocupações manifestadas por pais, professores e do toda a comunidade educativa".

"Isto significa um esforço financeiro muitíssimo grande por parte do município mas o município tem uma preocupação com a qualidade de vida dos seus munícipes e temos a educação como uma grande aposta", sustentou na altura.

O autarca disse "esperar uma iniciativa idêntica por parte do MEC para que se possam também retirar todas as coberturas em fibrocimento de todos os estabelecimentos de ensino preparatório e secundário existente no concelho".

"Já notificamos o MEC, o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional, a Direção Regional de Educação do Norte (DREN) e a CCDR-N da necessidade de investimento nos restantes estabelecimento de ensino para a substituição destas coberturas e obras de fundos em algumas escolas", frisou na altura.

Comentários