Politécnico de Portalegre promove campanha para ajudar cerca de 300 crianças

O Instituto Politécnico de Portalegre está a realizar um projeto solidário com o objetivo de angariar presentes para 200 crianças carenciadas da região e bens de primeira necessidade para cerca de 100 de São Tomé e Príncipe.

O projeto “Todos temos amor para dar”, desenvolvido, anualmente, desde 2009, vai decorrer até ao dia 18 deste mês.

“Nós começámos em 2009 ao ajudar poucos miúdos. Nos últimos anos, demos um grande salto e ajudamos já um número considerável de crianças em Elvas e Portalegre”, disse hoje à agência Lusa a coordenadora do projeto, Ana José.

Durante a campanha, os interessados em ajudar poderão entregar os presentes ou bens de primeira necessidade nos serviços centrais e nas quatro escolas do politécnico e nas residências de estudantes de Portalegre e de Elvas.

A distribuição das prendas de Natal pelas crianças de Portalegre e de Elvas será efetuada através das diversas instituições parceiras do projeto, enquanto a ajuda a São Tomé e Príncipe chegará através da HELPO - Organização Não Governamental para o Desenvolvimento.

“A razão de ajudar cerca de 100 crianças de São Tomé e Príncipe prende-se com o facto de termos no Instituto Politécnico de Portalegre (IPP) um grupo de alunos oriundo desse país”, disse.

Indicando que a campanha “está a avançar” no terreno, Ana José sublinhou, contudo, que, em anos anteriores, "decorreu de forma mais célere junto do grande público".

“Nós pedimos às pessoas para virem até nós, que não tenham vergonha de entrar nas nossas escolas e que ajudem”, referiu.

Ana José fez ainda questão de frisar que o projeto é desenvolvido por um grupo de voluntários do grupo de comunicação, professores e alunos do curso de marketing do IPP.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários