O regresso dos Heróis da Fruta

Neste regresso às aulas, os heróis da fruta voltam também aos hábitos saudáveis.

Acabam de abrir o período de inscrições para a 3ª edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável 2013/14», da responsabilidade da Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil (APCOI).

 

Neste regresso às aulas, os heróis da fruta voltam também aos hábitos saudáveis! Ajude a APCOI a espalhar a magia da fruta junto dos mais pequeninos, incentivando-os a ter uma alimentação equilibrada, todos os dias.

 

A 3ª edição tem uma imagem renovada, novos materiais pedagógicos, novas temáticas e atividades melhoradas, novas datas e um novo regulamento. As inscrições, gratuitas, estão disponíveis aqui.

 

O projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» é uma iniciativa de intervenção educativa de âmbito nacional promovida pela APCOI – Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, cujo principal objetivo é que as crianças portuguesas até aos 10 anos aprendam a valorizar a importância da ingestão diária de fruta para a sua saúde e, de igual forma, que se motivem e adquiram competências para adotar definitivamente esse hábito alimentar, uma vez que o consumo diário de fruta nesta faixa etária encontra-se atualmente muito abaixo do desejável. Segundo a Organização Mundial de Saúde, apenas 2 por cento das crianças portuguesas comem fruta fresca todos os dias.

 

Além disso, este projeto está estruturado para envolver não só as crianças, mas também os professores, educadores e auxiliares de educação, os pais, outros familiares e toda a comunidade local, através da dinâmica das tarefas, das atividades e dos desafios do projeto, sensibilizando para o combate à má nutrição e ao sedentarismo, assim como prevenindo a obesidade infantil e as restantes doenças associadas.

 

Um modelo de intervenção com provas dadas de sucesso

A primeira edição do projeto «Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável» que decorreu no ano letivo de 2011/12, conseguiu envolver no total 27.094 alunos de 1377 turmas de 546 jardins-de-infância e escolas básicas do 1º ciclo.

 

Os dados reportados pelas crianças participantes permitiram concluir que, em média, cada criança ingeriu 23 porções de fruta, ao longo de 6 semanas consecutivas de intervenção motivacional.

 

No final, verificou-se um aumento efetivo de 26 por cento no consumo diário de fruta, em relação ao consumo reportado antes da intervenção.

artigo do parceiro:

Comentários