Mistério chegou ao fim: a família desaparecida em França foi assassinada

O quádruplo homicídio dos Troadec terá na sua origem a disputa de uma herança, em barras ou moedas de ouro, escondida pelo pai Pascal.

O homicida é o ex-cunhado do patriarca. A família Troadec, desaparecida há mais de duas semanas, na região de Nantes, em França, foi assassinada, avançam os meios de comunicação social em França.

O misterioso desaparecimento de uma família francesa aparentemente normal, que não dá sinais de vida há 14 dias e cuja residência foi alvo de buscas onde foram encontrados rastos de sangue, está a despertar a preocupação dos franceses.  Pascal e Brigitte Troadec, ambos na faixa dos 50 anos, e os filhos Sébastien (21 anos) e Charlotte (18) estão desaparecidos desde 16 de fevereiro. Não foram trabalhar e os seus telemóveis estão desligados desde então.  A polícia, alertada pela irmã de Brigitte, f
créditos: Foto divulgada pela polícia

O ex-cunhado de Pascal Troadec foi detido no domingo depois de confessar aos investigadores que assassinou o casal Brigitte e Pascal, ambos com cerca de 50 anos, e os filhos Sebastian, de 21 , e Charlotte, de 18 anos.

A confissão do crime aconteceu depois de o ADN do ex-cunhado de Pascoal ter sido encontrado na casa e no carro da família. O homem foi detido no domingo juntamente com a mulher, irmã de Brigitte e autora do alerta do desaparecimento.

Na base do quádruplo homicídio estará a disputa de uma herança, em barras ou moedas de ouro escondidas por Pascal, escreve a agência France Presse.

O autor do crime começou por negar ter estado em contacto com a família nos últimos dias, mas o seu ADN evidenciou o contrário. O homicida acabou então por admitir à polícia francesa que matou e fez desaparecer os quatro corpos das vítimas.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários