Michelle Obama quer que o mundo saiba que 62 milhões de raparigas não têm acesso a educação

A primeira dama dos Estados Unidos criou uma campanha nas redes sociais, usando a hashtag #62milliongirls, para chamar a atenção de que existem 62 milhões de raparigas sem acesso a educação

Michelle Obama anunciou este domingo, durante o Festival Global Citizen em Nova Iorque, uma nova campanha que pretende alertar o mundo de que existem 62 milhões de raparigas que não vão à escola. "Eu revejo-me nestas raparigas. Eu vejo as minhas filhas nestas raparigas. Estas são as nossas raparigas, e eu simplesmente não posso abandoná-las. Para mim, este é um assunto de caráter moral", afirmou durante o evento.

A primeira dama dos Estados Unidos pediu a todos que colocassem fotos de si próprios no Twitter e Instagram juntamente com uma mensagem sobre o que aprenderam na escola usando a hashtag #62milliongirls. As fotos irão aparecer na página 62milliongirls.com para dar destaque a todas as raparigas que não têm acesso à educação.

A campanha realizada em parceria com a Girl Rising faz parte da iniciativa Let Girls Learn, anunciada em março deste ano por Michelle e Barak Obama.

Na página 62milliongirls.com constam já mensagens de famosos, como Chris Martin (Coldplay) Stephen Colbert (apresentador), Charlize Theron, Leonardo DiCaprio, Kerry Washington, Usher, entre outros.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários