Médias nacionais nos exames de História A e Francês sobem acima dos 10 valores

A média dos exames nacionais do secundário nas disciplinas de História A e Francês subiram este ano para notas acima dos 10 valores, passando respetivamente de 9,5 para 10,3 e de 9,8 para 11,8.
créditos: MIGUEL A. LOPES / LUSA

Segundo dados do Ministério da Educação, foram realizadas 19.662 provas de História A e 1.316 provas de Francês, entre alunos internos e autopropostos. Na disciplina de História A a média da classificação interna dos alunos em exame situou-se nos 13 valores e a Francês 13,2.

Segundo o Instituto de Avaliação Educativa, os resultados dos alunos internos nos exames finais nacionais do ensino secundário, hoje divulgados, evidenciam uma habitual estabilidade face a anos anteriores. Considerando os resultados das 22 disciplinas sujeitas a exame, não se registaram resultados inferiores a 9,5 valores.

As variações na generalidade das disciplinas, adianta o IAVE, são de amplitude irrelevante e mesmo as maiores diferenças, face à fase homóloga em 2016, não fogem ao quadro de variabilidade normal, num contexto de provas públicas.

Os exames finais nacionais do ensino secundário foram realizados em 647 escolas em Portugal continental e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira, bem como nas escolas no estrangeiro com currículo português. Foram registadas 359.550 inscrições na primeira fase dos exames finais nacionais, tendo sido realizadas 332.340 provas, o que corresponde a cerca de 92,4% das inscrições.

Entre as 22 disciplinas sujeitas a exame nacional, a que registou um maior número de provas realizadas foi a de Português, com 76.643 provas, logo seguida por Matemática A, com 49.298 provas, Biologia e Geologia, com 47.215 provas, e Física e Química A, com 43.007 provas. No processo de classificação das provas estiveram envolvidos cerca de 7.092 docentes do ensino secundário e 10.000 docentes na vigilância dos exames.

Com os resultados divulgados hoje os alunos poderão optar por apresentar candidatura ao ensino superior na primeira fase decorrendo essa apresentação de 19 de julho a 08 de agosto.

Os candidatos à primeira fase de acesso ao superior conhecerão os resultados a 11 de setembro. Há ainda uma segunda fase de exames nacionais do ensino secundário com inscrição a ser feita entre 13 e 17 de julho com a realização das provas agendadas de 19 a 24 de julho.

Os resultados desta segunda fase de exames serão afixados a 04 de agosto e as candidaturas à segunda fase de acesso ao ensino superior entregues entre 11 e 22 de setembro conhecendo os alunos os resultados a 29 de setembro.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários