Mais de 5.000 alunos participam na Universidade Júnior no Porto

Juniores vão ocupar a Universidade do Porto durante todo o mês de julho e na primeira semana de setembro

A Universidade do Porto (U.Porto) anunciou hoje a participação de 5.100 alunos, com idades entre os 11 e os 17 anos, na décima edição da “Universidade Júnior”, um programa de iniciação ao ambiente universitário.

 

Durante cerca de um mês, os alunos do 5.º ao 11.º ano vão substituir os estudantes universitários nas salas de aula e laboratórios da U.Porto e frequentar as mais de 150 atividades diferentes que decorrem, essencialmente, nas faculdades e unidades de investigação da Universidade do Porto, numa iniciativa que envolve centenas de professores, investigadores e estudantes da instituição.

 

Os jovens vão poder realizar experiências em laboratórios, investigações sobre alimentação, atividades desportivas e musicais, aprender sobre engenharias computacionais e arquitetura, entre outras iniciativas pensadas para que os mais novos possam testar as suas vocações ou, simplesmente, alargarem as fronteiras dos seus conhecimentos.

 

Além dos mais de cinco mil estudantes portugueses, a “Júnior” conta também com a participação de jovens de Angola, Bélgica, Brasil, Espanha, França, Itália, Macau e Moçambique.

 

A iniciativa conta com os habituais programas (Experimenta no Verão, Oficinas, Verão em Projeto ou Escola de Línguas) e dá, ainda, a oportunidade de uma experiência única de alojamento num quartel da cidade do Porto para mais de 830 alunos que não podem diariamente deslocar-se entre a sua casa e a Universidade do Porto.

 

Os juniores vão ocupar a Universidade do Porto durante todo o mês de julho e na primeira semana de setembro, altura em que os melhores alunos do ensino secundário aprendem a fazer investigação académica em áreas como as Ciências da Vida e da Saúde, Física ou Matemática.

 

O maior programa nacional de introdução ao ambiente universitário é feito pelo trabalho diário de mais de 300 estudantes, professores, investigadores e técnicos de todas as faculdades e vários centros de investigação da U.Porto e conta com o apoio de 32 Câmaras Municipais que financiam algumas participações de estudantes na Universidade Júnior.

 

Por Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários