Famílias numerosas de Azeméis com redução no IMI e descontos em lojas e serviços

A Câmara de Oliveira de Azeméis anunciou que as famílias numerosas do concelho irão pagar menos Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e vão dispor de um cartão com diversos benefícios a nível local.
créditos: PixaBay

Se no caso do IMI a redução das taxas tem efeito até para agregados com um único filho a cargo, já o Cartão Municipal de Família Numerosa destina-se apenas às que integram três ou mais descendentes.

Para o presidente da autarquia, Hermínio Loureiro, ambas as medidas enquadram-se numa estratégia alargada de incentivo à natalidade e crescimento populacional. "A redução das taxas do IMI constitui mais um apoio às famílias, um incentivo à natalidade e um contributo para aliviar as obrigações fiscais das famílias oliveirenses", declara à Lusa o autarca.

"Já o Cartão Municipal de Família Numerosa, que acabámos de criar, proporciona um conjunto de vantagens aos agregados com mais filhos", acrescenta. "O aumento demográfico é uma aposta estratégica para o nosso município e estas medidas são fundamentais para que as pessoas olhem para o futuro familiar com outra perspetiva", defende.

Hermínio Loureiro realça que "Oliveira de Azeméis é amiga das famílias", pelo que garante que a Câmara "vai continuar a apoiá-las no futuro com medidas na área da reabilitação e regeneração urbana, e com isenções e reduções".

Aprovado por maioria do PSD em reunião do Executivo, o novo IMI Familiar tem três níveis de redução. No concelho a base da taxa geral mantêm-se nos 0,38% sobre o valor patrimonial dos imóveis, mas as famílias com um filho terão uma diminuição de 5% sobre esse valor (metade da redução máxima permitida legalmente) e as que têm dois descendentes a Câmara aprovou agora uma diminuição de 10% (o que representa 33% do máximo legal de 15%).

Comentários