Exposição de fotografia internacional sobre 'bullying' em Faro

A exposição vai estar patente em Faro até 30 de junho

A Biblioteca Municipal de Faro vai receber, a partir de sábado, uma exposição de fotografia que pretende sensibilizar para a problemática do “bullying”, promovida pela Peace and Art Society (PAS), associação internacional de arte com sede nesta cidade algarvia.

 

“Cada artista no seu país interpreta de forma diferente o que é isto do ‘bullying’ na escola”, explicou à agência Lusa o presidente da PAS, Paulo Filipe, acrescentando que a exposição intitulada “Alena’s Project” conta com a participação de artistas de 110 países.

 

A inauguração em Faro está marcada para as 21:30 e, além da exibição dos 123 trabalhos fotográficos, o público vai ter oportunidade de assistir a uma atuação do grupo Coral Óssonoba e à projeção de um filme dedicado à temática do ‘bullyig’ e um debate.

 

A exposição vai estar patente em Faro até 30 de junho, estando previstas novas exibições na Austrália e na Nigéria, explicou aquele responsável, que espera que o projeto “dê a volta ao mundo”.

 

Paulo Filipe recordou que o projeto teve início em 2011, em Munique, na Alemanha, quando Alena, então com 9 anos, foi vítima de abusos físicos e psicológicos na escola que frequentava.

 

“Após infrutíferas tentativas de acabar com o sofrimento da filha, [a mãe e artista plástica] teve de apelar à ajuda de dezenas de artistas espalhados pelo mundo, tendo assim nascido um extraordinário movimento solidário a nível internacional”, refere a PAS em comunicado.

 

A mãe de Alena e mentora da iniciativa, Lusine Breitscheidel, vai estar presente na inauguração da exposição em Faro.

 

A exposição “Alena’s Project” já passou pela Rússia e pelo Brasil e a sua apresentação em Faro coincide com a primeira exposição internacional de arte que a PAS vai apresentar na sua sede, junto à Alameda João de Deus, em Faro.

 

Por Lusa

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários