Estudantes universitários em protesto contra cortes no ensino

Estudantes universitários voltam hoje a protestar, em Lisboa, contra os cortes no ensino superior público, numa manifestação que tem início no largo do Carmo e termina em frente à Assembleia da República.
créditos: LUSA/PAULO NOVAIS

A manifestação visa levar "a indignação" dos alunos ao parlamento, "perante um Orçamento do Estado [proposto para 2015] insuficiente para as necessidades", disse à Lusa Paulo Antunes, membro da direção da Associação de Estudantes da Faculdade de Letras de Lisboa, uma das entidades que convocaram o protesto.

"As bolsas chegam sempre atrasadas, as propinas sobem todos os anos", apontou, invocando outros problemas como a "insuficiência de residências universitárias" e a degradação de edifícios e equipamentos das faculdades.

O protesto é organizado por várias associações académicas, incluíndo de Lisboa e Porto.

A Associação Académica de Coimbra (AAC) optou por não participar na manifestação, alegando estar em conversações com a tutela e grupos parlamentares sobre a revisão do regime de atribuição de bolsas e o financiamento do ensino superior.

A direção-geral da AAC, no entanto, comprometeu-se a ceder três autocarros para os estudantes que quiserem ir à manifestação.

De acordo com a proposta de Orçamento do Estado para 2015, a dotação para o ensino superior e a ação social cai 8,4% face a 2014, para os 990,5 milhões de euros, ou seja, o equivalente a menos 91,3 milhões de euros comparativamente à estimativa deste ano.

O documento assinala que "a ligeira redução" das dotações orçamentais para as universidades e os institutos politécnicos "é compensada pelo reforço para a ciência, o que, indiretamente, também reforça as instituições de ensino superior".

As manifestações de estudantes universitários, em Lisboa, contra os cortes no ensino superior público são recorrentes todos os anos, coincidindo com a apreciação na especialidade das respetivas propostas de Orçamento do Estado.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários