Encontrados medicamentos em gomas numa fábrica da Nestlé

Gomas estavam prontas para ser embaladas quando foi detetado o problema

Os comprimidos encontrados nas gomas "Jelly Tots" estão a ser investigados pela polícia britânica. A fábrica em Fawdon é a segunda maior linha de produção da Nestlé no Reino Unido e emprega 400 pessoas.

 

A empresa vê-se agora sob investigação, mas assegura ser um caso isolado. Segundo o jornal Mirror, os funcionários da fábrica ao encontrarem os comprimidos "cor-de-rosa" alertaram os seus superiores que rapidamente chamaram as autoridades interrompendo a produção.

 

Ao confirmar que "um lote de produtos de confeitaria havia sido contaminado", a polícia foi vista a abandonar o local com sacos de doces apreendidos.

 

Entretanto, a Nestlé assegurou também que o incidente não representa qualquer perigo para os consumidores, uma vez que a descoberta aconteceu antes de o produto ser embalado.

 

As gomas contaminadas já tinham passado pelo controlo de qualidade e encontravam-se prontas para serem embaladas quando foi detetado o problema.

 

Um porta-voz da Nestlé garantiu que se tratava de um caso isolado, assegurando estar tudo sob controlo. "Podemos confirmar que houve um incidente na nossa fábrica em Fawdon, Newcastle, na semana passada. O incidente foi controlado imediatamente, a polícia está a investigar com a nossa colaboração".

 

Por SAPO Crescer

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários