Crianças gostam mais de alimentos salgados e doces que os adultos

Se, no caso dos adultos, a apetência por comidas menos saudáveis se deve a fatores genéticos, no caso das crianças a razão deve-se ao facto de estarem em fase de crescimento.

Uma pesquisa realizada pelo Monel Chemical Senses Center, nos Estados Unidos, e publicada no Plos One, revelou que as crianças gostam mais de alimentos ricos em açúcar e sal, do que os adultos.

Julie Mennela, líder do estudo, explicou que “as preferências infantis são, em parte, biológicas.” Acrescentou, ainda, que as “crianças podem tornar-se mais vulneráveis à dieta moderna, que é diferente da dieta do passado, quando o sal e o açúcar eram bens caros e raros.”

A pesquisa consistiu em dar a mães e filhos sopas e bolachas com níveis diferentes de concentração de sal, assim como sumos e doces com níveis diferentes de açúcar. Depois de provarem os alimentos, mães e filhos escolhiam o seu preferido, e as mães também escreveram uma lista do que comeram e beberam nas 24 horas anteriores aos testes.

Do estudo fizeram parte 108 crianças, entre os 5 e os 10 anos, e suas mães, e os cientistas mediram a altura, peso e percentil de massa gorda de cada participante, antes dos testes, e recolheram também uma amostra de saliva e urina.

 

 

Clique “Gosto” no nosso Facebook e fique a par de todas as notícias e especiais que publicamos no Sapo Crescer

artigo do parceiro:

Comentários