Comer «macacos» do nariz pode estimular o sistema imunitário

Bioquímico canadiano estuda o efeito do muco nasal no sistema imunitário.

Scott Napper, investigador da Universidade de Saskatchewan, no Canadá, assegura que o nariz guarda um bom trunfo para o sistema imunitário: os «macacos» do nariz.

 

Segundo o investigador, os «macacos» que se alojam no nariz podem trazer benefícios para as crianças, uma vez que aquele «alimento» guarda diversos germes que provocam uma reação positiva no sistema imunitário, reforçando-o.

 

Apesar de polémico e de suscitar reservas, o estudo está bem fundamentado. «Os germes que se alojam no nariz podem tornar o sistema imunitário mais forte e servir de vacina natural», alerta o bioquímico. É garantido que a exposição das crianças aos germes do muco nasal é uma forma eficaz de reforçar o sistema imunitário. Deste modo, repreender as crianças por este hábito pouco higiénico e mal acolhido pode ser uma má decisão dos pais…

 

Contudo, William Schaffner, diretor do departamento de medicina preventiva da Universidade de Vanderbilt,nos EUA, afirma que não é provável que comer «macacos» possa oferecer uma ajuda adicional ao sistema imunológico, porque as pessoas já inconscientemente engolem muco nasal.

 

«Isto acontece naturalmente, o tempo todo, e as células nas suas próprias membranas mucosas estão constantemente expostas a tudo o que está no muco nasal», diz. «Uma vez que o muco nasal faz parte dos fluidos corporais, as pessoas engolem secreções nasais durante todo o dia e até mesmo quando estão a dormir», conclui William Schaffner.

 

 

Maria João Pratt

artigo do parceiro:

Comentários