Colégio de Coimbra coordena projeto internacional para criar 'kit' pedagógico

O Colégio de São José, em Coimbra, vai coordenar um projeto internacional em que quatro escolas irão trocar e assimilar diferentes experiências pedagógicas para no final criarem um “kit” pedagógico comum.
créditos: LUSA

O projeto, inserido no programa europeu Erasmus+, intitulado "Building up bridges towards autonomy", vai juntar o Colégio de São José a escolas da Polónia, Reino Unido e Espanha, com o intuito de um intercâmbio das metodologias características de cada um dos estabelecimentos de ensino, explicou à agência Lusa o diretor-adjunto do colégio, Paulo Lapas.

O Colégio de São José contribui com o seu projeto de "trabalho autónomo dos alunos", o colégio espanhol com "a sala de aula inteligente", o polaco "com o ensino da matemática para alunos de alto rendimento" e a escola inglesa com "a educação ambiental", disse Paulo Lapas.

Ao longo de três anos, vai haver mobilidade de professores e alunos das quatro instituições, partilhando e assimilando as diferentes características pedagógicas de cada escola, para se "construir um ‘kit’ pedagógico à disposição do mundo", sublinhou.

Neste projeto, com um financiamento de cerca de 390 mil euros da Comissão Europeia, cada escola "contribui com aquilo que faz muito bem", acrescentou.

Segundo a coordenadora do projeto, Maria Luísa Nora, a mobilidade vai ocorrer de três formas distintas: "mobilidade para reuniões de projeto, em que apenas estão os coordenadores, mobilidade dos alunos [15 alunos acompanhados de dois professores podem experimentar durante 15 dias os projetos das outras escolas] e mobilidade dos professores, em que vão ser professores sombra durante 15 dias nas instituições que participam no projeto".

A iniciativa, que vai contar com a participação da Faculdade de Psicologia e de Ciências de Educação da Universidade de Coimbra para a certificação do projeto, vai resultar "em dois ‘kits’ pedagógicos: um com o material trabalhado pelos professores e outro com as fundamentações teóricas", aclarou.

Entre segunda e quarta-feira, vão estar presentes em Coimbra elementos das outras três escolas que participam no projeto para delinearem as linhas orientadoras.

Na segunda-feira, pelas 09:00, vai realizar-se no edifício do Colégio de São José uma cerimónia de receção, com um descerrar das bandeiras dos quatro países.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários