APCOI lança petição pela implementação do projeto “Heróis da Fruta” em todas as escolas do país

Fruta nas escolas para combater a obesidade infantil
créditos: Agência Zero Fotografia

Garantir o direito à educação alimentar nas escolas portuguesas é a principal reivindicação da APCOI – Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, que apresentou hoje a sua nova campanha: uma petição pública para apelar aos professores, educadores de infância e outros profissionais de educação nacionais para implementarem nas suas salas de aula, o modelo pedagógico “Heróis da Fruta”, que já garantiu em anos letivos anteriores, um aumento médio de 42% na ingestão de fruta no lanche escolar das crianças participantes.

A petição “Fruta nas Escolas” pretende recolher pelo menos 5 mil assinaturas até 9 de outubro de 2015 através do site www.frutanasescolas.com e faz parte do lançamento da 5ª edição do projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, que é atualmente a maior iniciativa nacional gratuita de educação para a saúde realizada nos jardins de infância e escolas de 1º ciclo, tendo já envolvido mais de 183 mil alunos de todos os distritos e regiões autónomas do país.

Porque é que a fruta é tão importante?
A fruta contém nutrientes insubstituíveis e é considerada essencial para uma alimentação saudável pela Organização Mundial de Saúde que recomenda a ingestão de pelo menos três porções por dia. Contudo, a realidade alimentar das crianças em Portugal é bem diferente: 74,2% não ingere fruta nessa quantidade diariamente. Além disso, a fruta não é a primeira escolha das nossas crianças: 60% come doces e snacks todos os dias.

Este baixo consumo de fruta provoca carências nutricionais e tem efeitos muito negativos para a saúde: diminui os níveis de energia, de concentração, de aprendizagem e das defesas do organismo, tornando as crianças mais sujeitas a doenças como a obesidade ou a diabetes tipo 2, logo desde a infância.
A APCOI acredita que ensinar às crianças quais são os hábitos e os alimentos mais saudáveis nas salas de aula é o caminho certo a tomar rumo à prevenção da obesidade, doença crónica que já afeta em Portugal, dois milhões de adultos e uma em cada três crianças.

Figuras públicas nacionais dão a cara pela iniciativa
Em pleno regresso às aulas, a APCOI juntou o apoio de várias figuras públicas para apelar à assinatura desta petição, entre as quais: Avô Cantigas (Carlos Vidal), Ricardo Carriço, Carla Andrino, João Gil, Amor Electro, Henrique Feist, Maria João, Mário Laginha, Vanessa Silva, Rita Redshoes, OqueStrada, HMB, Frankie Chavez, Filipe Pinto e também a vocalista do grupo musical Deolinda, Ana Bacalhau que quis mesmo deixar uma mensagem de incentivo às escolas, às crianças e às suas famílias “Fui uma criança gorda e sofri muito com isso. Hoje sinto-me bem porque mudei a minha alimentação. O meu conselho é: comam muita fruta e, sobretudo, divirtam-se com ela. Não há maior benção do que viver-se uma vida plena de saúde e bem-estar”.

“Ensinar às nossas crianças, de onde vem a fruta, quantas porções devem comer diariamente, qual a importância de variar as cores e as formas ou a necessidade de preferir fruta da época e de produtores nacionais, é estar a fornecer-lhes as ferramentas para ajudar a lutar contra este grave problema de saúde pública”, destacou Mário Silva, presidente da APCOI. “Assinar esta petição é uma forma de dar voz a todos os que se importam com o futuro e com a saúde das nossas crianças”, concluiu.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários