A sua filha está sempre a mandar mensagens? Isto pode estar a afetar o seu desempenho escolar

Um estudo revela que as raparigas que estão sempre a enviar mensagens têm pior desempenho na escola. O mesmo não acontece com os rapazes

Um novo estudo publicado pela Associação Americana de Psicologia revela que as raparigas que estão sempre a enviar mensagens (fenómeno conhecido como texting) ou a usar internet têm pior desempenho escolar, ao contrário dos rapazes.

Investigadores estudaram um grupo de 403 estudantes americanos, aos quais perguntaram como era o seu comportamento ao nível das mensagens enviadas por telemóvel e o desempenho escolar.

Descobriram que as raparigas que estão sempre a enviar mensagens acabaram por ser as que têm as notas mais baixas. Pelo contrário, o mesmo não se verificou nos rapazes. Enviar e/ou receber mensagens parece não afetar o desempenho escolar masculino.

A resposta para esta diferença de comportamento pode estar na forma como cada um usa a internet. No caso das raparigas, elas utilizam a internet como forma de se relacionarem com os outros ou aprofundarem as suas relações sociais, enquanto que os rapazes usam a internet para recolher informação.

O estudo também concluiu que as mensagens enviadas como recebidas são um fator de distração e de pressão nas raparigas.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários