A atividade física em parques pode ser estimulada por pequenas ações de promoção

Crianças devem fazer exercício pelo menos uma hora por dia.

Aumentos modestos em marketing e divulgação para as comunidades locais podem aumentar a quantidade de atividade física que ocorre em parques, fornecendo uma maneira custo-efetiva para melhorar potencialmente a saúde da comunidade, de acordo com um novo estudo publicado online pela revista American Journal of Preventive Medicine.

 

O projeto descobriu que intervenções simples, como o aumento da sinalização, impulsionou a atividade física entre 7 e 12 por cento durante o período de estudo em relação aos parques que não fizeram alterações.

 

«O estudo mostra que estímulos ambientais influenciam e mudam o comportamento individual, incluindo o comportamento físico», disse Deborah Cohen, autora principal do estudo. «Quando as oportunidades de atividade física e as chamadas de atenção se tornam mais evidentes, sejam elas sinais ou avisos para aulas ou novos caminhos pedestres, podem levar as pessoas a tornarem-se mais ativas, especialmente se já estiverem num parque.»

 

Embora a maioria dos portugueses residam em locais com parques e áreas de recreação adequadas para o exercício físico, a maioria não segue as diretrizes nacionais para a atividade física. Estas recomendações sugerem que os adultos pratiquem atividade física durante 150 minutos por semana, enquanto as crianças devem fazê-lo durante 60 minutos por dia.

 

 

Maria João Pratt

.

.

artigo do parceiro:

Comentários