O que deve (mesmo) fazer antes do parto

Planear e tratar com antecedência de certos assuntos, vai deixá-la livre para dar toda a atenção ao bebé quando ele nascer

1. Umas semanas antes da data prevista do parto, organize a correspondência por pastas. Assim, se for necessário procurar algo mais tarde, saberá onde está. Se tiver assuntos de finanças pendentes, esta é a altura para deixar tudo em ordem. Depois do bebé nascer, não vai estar nem com cabeça nem com disponibilidade para se deslocar. Se possível, comece desde cedo a fazer uma pequena poupança. Quando o bebé nascer, o rendimento pode baixar e assim não será apanhada desprevenida.

2. Prepare um email de boas-vindas ao bebé para a sua lista de contactos, deixando em branco informações como peso e tamanho para serem preenchidos depois pelo pai ou por si.  Coloque esse email em "Rascunho" e assim quando o bebé nascer, é só enviar.

3. Prepare algumas roupas confortáveis e mais largas para os primeiros dias pós-parto. Não precisam de ser roupas feias e cinco números acima do habitual. Mas, sim, peças que lhe dêem liberdade de movimentos e que não apertem na zona da cintura.

4. Nesta fase, já todos os pais compraram o carrinho do bebé. Mas já experimentou abri-lo e fechá-lo? Esta é a altura ideal para o fazer. Leia as instruções e pratique o abrir e fechar. Quando sair da maternidade, não há nada pior do que ficar sem saber como usar um acessório indispensável. O mesmo é válido para a cadeirinha/ovo para o carro.

5. Umas semanas antes, faça o seu "tratamento" de beleza. Ou seja, vá ao cabeleireiro (opte por um corte prático), faça a depilação, arranje as sobrancelhas... Mime-se!

6. Uma semana antes poderá preparar algumas refeições e colocá-las no congelador. Assim, depois do bebé nascer, já não terá de se preocupar com o que vai comer. É só descongelar e aquecer. Poupa tempo e é menos uma tarefa.

7. Saiba quais as farmácias de serviço na sua zona de residência e anote num caderno os contactos e moradas. E procure também lojas que vendam artigos de bebé com horários alargados. Os bebés são imprevisíveis e não marcam hora. Mais vale prevenir.

8. Procure cafés na sua zona de residência onde os bebés sejam bem-vindos. Num momento de pausa, quando lhe apetecer sair, sempre é melhor ir a um local onde o seu bebé não seja motivo para olhares constrangedores.

artigo do parceiro: Susana Krauss

Comentários