Já recuperou do parto?

Saiba o que pode fazer para melhor recuperar no pós-parto.

Com a supervisão de um profissional de saúde especializado em recuperação do parto (geralmente um fisioterapeuta), a mulher pode logo após o parto começar a realizar exercícios específicos que visem uma involução rápida do útero. Estes exercícios para o pavimento pélvico, chamados exercícios de Kegel, deverão ser iniciados na maternidade durante o puerpério por estimularem os músculos que suportam o útero durante a gravidez e que participam no parto.

 

O conselho é da médica Marcela Forjaz, que recomenda também que a mulher procure introduzir na sua rotina mudanças de estilo de vida associadas a uma alimentação equilibrada e ao exercício físico.

 

O REGRESSO À NORMALIDADE

A progressão para o regresso à normalidade depende se a mulher era ativa antes e durante a gravidez, do tipo de parto, do ritmo da recuperação, se amamenta, e de uma grande força de vontade e de suporte.

 

Com a autorização do médico, geralmente a partir do primeiro mês do pós-parto aconselha-se a iniciar ou retomar uma atividade física, com a supervisão de um profissional. Já há espaços onde é possível levar o bebé e realizar a aula, para que a mãe e o bebé poderem estar próximos um do outro nos primeiros tempos.

 

O facto de fazer exercício físico vai reforçar a autoconfiança e a autoestima, o bem-estar e a consciência do corpo feminino, além de muitos benefícios a nível físico e social. Ajuda na adaptação a um estilo de vida saudável, num melhor controlo do peso e menor ganho de peso e na diminuição da ansiedade característica desta fase da vida da mulher.

 

 

Ana Margarida Marques

 

PODERÁ TAMBÉM GOSTAR DE LER:

O que é a consulta pós-parto?

O parto é um exercício?

Ao ritmo das contrações

artigo do parceiro:

Comentários