Ginecologia e gravidez

Tudo o que precisa de saber antes de engravidar

Quando um casal decide ter um filho são muitas as dúvidas que se levantam. 


Desafiámos um especialista a responder às questões que mais a preocupam.


Para que fique completamente esclarecida, leia este artigo.


Contraceção, sexualidade, maternidade ou a simples ação das hormonas são alguns dos temas que podem surgir numa consulta de ginecologia. Apontar as questões a colocar antes de entrar no consultório é uma das regras a seguir para ter a certeza de que não se esquece de esclarecer nada.


Mas, a verdade é que nem sempre chega a fazer todas as perguntas, seja por falta de tempo, de lembrança ou até por pensar que algumas das suas dúvidas podem parecer um pouco ridículas. Não se preocupe. 

A Saber Viver reuniu as principais questões relacionadas com saúde feminina e, em conversa com Fernando Cirurgião, ginecologista, encontrou a resposta para cada uma delas:

1. Em que idade deve ser feita a primeira consulta de ginecologia?

A primeira consulta poderá apenas ser de esclarecimento de dúvidas, sobre o funcionamento do aparelho reprodutor, os métodos contracetivos e a necessidade do preservativo como única forma de prevenir das doenças sexualmente transmissíveis. Pode acontecer durante a adolescência e é fundamental antes do início da vida sexual. Se tal não acontecer, é imprescindível realizá-la logo após a primeira relação sexual.

2. Com que regularidade se deve consultar um ginecologista?

Como rotina, uma vez por ano.

Comentários